sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Apreensão e desânimo do NEP


Ontem a sra. Márcia Nascimento, presidente do Núcleo Ecológico da Pipa, entidade ambientalista que atua a mais de uma década no município, escreveu do Rio de Janeiro, pelo e-mail, a todos os membros da Câmara Técnica do Turismo de Tibau do Sul e Pipa, motivando suas preocupações.
A seguir o texto da mensagem enviada pela sra. Márcia, que pediu para publicá-lo neste blog integralmente.

Olá a todos os representantes da Câmara de Turismo.

Estarei ausente até o início de dezembro mas estou um pouco apreensiva com o desenrolar de alguns temas abordados nas últimas reuniões. O Nep está participando da comissão de meio ambiente (Márcia) e infra estrutura(Norma).

Sobre a comissão do meio ambiente na última reunião da câmara foi decidido que a Secretaria estadual de turismo marcaria uma reunião com o diretor do Idema logo na próxima semana e que entraria em contato conosco. Fiquei aguardando durante algumas semanas, depois entrei em contato com os outros integrantes da comissão (Sr. Gaspar e Sra. Guilhermina) que não souberam informar o que tinha acontecido. Passei um email para o Sr. Maurício (secretário) perguntando sobre a reunião e informando que eu iria me ausentar por tempo indeterminado, mas gostaria de saber a data da reunião, pois queria enviar um representante do Nep (Sr. David). Até hoje não obtive nenhuma resposta.

Não estarei na próxima reunião de terça-feira 27/10, mas quero deixar registrado meu desânimo com os resultados dessas reuniões. Os nossos governantes sabem o que é preciso fazer na questão do meio ambiente, mas não tomam atitude, ficam dando desculpas. Cadê o Parque da mata da Pipa, o Projeto Orla e a Refauts? Quais são as áreas protegidas do nosso município? O governo não vem demonstrando interesse em preservar e proteger nosso patrimônio natural e infelizmente a cada dia que passa o lugar fica mais degradado. Francamente esse modelo de turismo não tem nada de sustentável.

Sobre a comissão de infra estrutura tenho algumas indagações a fazer quanto ao saneamento básico e anel viário. Na última reunião o secretário de turismo, Sr. Fernando Fernandes, falou que alguns empresários instalados no Chapadão tinham se comprometido a entregar um projeto de saneamento para a Caern referente aquela área, para que ele solicitasse a inclusão daquele trecho no projeto existente e uma verba adicional , mas que até aquele momento ninguém tinha apresentado o projeto. Agora fiquei sabendo que o saneamento vai começar pelo Chapadão, isto é verdade? Acho que é necessário convocar uma audiência pública com a participação de representantes de toda comunidade para esclarecer sobre os procedimentos dessas obras. São obras muito importantes e a sociedade tem direito de saber e opinar para que não aconteça o que ocorreu com a estação elevatória atrás da igreja. Queremos mais transparência nas decisões.

Outra informação que gostaria é sobre a estrada parque. Como está este processo? A licença ambiental já foi apresentada? Gostaria de saber também sobre a ciclovia e as compensações ambientais do anel viário.

Lamento não estar presente na próxima reunião, mas espero obter algumas respostas para as minhas indagações e que Tibau do Sul realmente avance.
Boa reunião.

Um abraço,
Márcia Nascimento



2 comentários:

Anônimo disse...

Pensei e lutei para que as coisas de fato acontecesse como deveria e não somente eu como muitos de nós lutamos por uma mudança de comportamento e isso infelizmente não aconteceu... O turismo estar sendo posto a segundo plano desde o meio ambiente até a infraestrutura necessária, como podemos nos enganar tão infantilmente... onde está o carater humano, onde está o senso ético e religioso, onde está a simplicidade da personalidade humana?
recentemente encontrei-me com colega de assunto comun e o mesmo me diz - o homem é bom, tem boas intenções, não sabe roubar...
e pergunto será que já não aprendeu? por que administrar nunca soube, mas enganar é um excelente professor...

Carlos Gomes disse...

Não acreditem que o turismo está sendo posto ao segundo plano...não está...esta semana conversei com o prefeito e vamos montar uma estrutura realmente avançada para o turismo...vamos ter que apertar o cerco...
O que precismos é infraestrutura, promoção e divulgação...e isto será feito cada vez com mais velocidade...
A secretaria terá, conforme promessa do prefeito, o apoio necessário...e já vamos montar a estrutura mínima para se trabalhar,lá no pórtico...
Teremos esta oficina, que será ministrada pelo Min. do Turismo, nos dias 28 e 29/10...cada um já deve se debruçar sobre o relatório dos 65 destinos indutores do ano passado...teremos espaço entre 25 e 30 pessoas para participarem desta Oficina...
Estamos já com uma reunião agendada com o presidente da CAERN no dia 06/11, onde vamos discutir cronograma de execução do esgotamento sanitário e projeto de captação de águas pluviais...e por aí vai...
Vamos forçar a barra para fazermos deste município um destino de excelência...mesmo que a atual oposição não queira...
Abraços