quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Começou a "Caça aos Gatos"

Campanha da Caern na Pipa pela legalização das ligações clandestinas
Quarta, 25 de novembro, às 10:15h

Projeto de lei pela identificação dos veículos do serviço público municipal

Foi apresentado ontem 24/11/09 pelo vereador Manoel Messias e subscrito pelos demais vereadores da Bancada Oposicionista o Projeto de Lei 004/2009, que dispõe sobre a identificação nos veículos oficias do serviço público municipal.
O projeto visa a padronização dos veículos de propriedade do município e também os prestadores de serviço, sendo obrigada a fixação de adesivos nas duas portas dianteiras contendo o Brasão Oficial do Município e texto indicando a qual poder o veículo pertence ou presta serviço. O projeto segue para apreciação do Executivo.

Quem joga tanto lixo de dia?

Parece que todo dia tem muitos que jogam fora o lixo só depois que o caminhão da Prefeitura já passou. Esse montão de lixo fica bem ao lado da Passarela da Pipa, perto da quadra de voley. A foto foi tirada ontem às 12:45h. Hoje de manhã o caminhão do lixo passou e levou tudo. Às 9:15h de novo encontramos 2 sacos pretos cheios de lixo...

Engarrafamento na rua principal

Típico engarrafamento na rua principal da Pipa
Quarta, 25 de novembro, às 9:30h

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Guia de Netiqueta

Este documento fornece um mínimo de regras para Etiqueta na Rede (Netiqueta) que as empresas podem adotar e adaptar para seu próprio uso.
Como tal, é escrita em forma de tópicos para facilitar a adaptação e fazer qualquer item particular fácil (ou mais facilmente) de se achar.
Também é um mínimo de regras para indivíduos, tanto usuários quanto administradores.
Este documento é o produto do Grupo de Trabalho "Responsible Use of the Network" (RUN - Uso responsável da rede) da IETF.
O original pode ser encontrado, em inglês, em http://andrew2.andrew.cmu.edu/rfc/rfc1855.html


Índice
1. Introdução
2. Comunicação um para um
3. Comunicação um para muitos
4. Serviços de informação
5. Bibliografia selecionada [Não traduzido. Apenas no original]
6. Considerações sobre segurança
7. Endereço do autor [Não traduzido. Apenas no original]


1.0 Introdução
No passado, a população de pessoas usando a Internet "cresceu" com a Internet, eram pessoas com mentalidade técnica e que entendiam a natureza do transporte e dos protocolos.

Hoje a comunidade de usuários da Internet inclui pessoas novas ao ambiente.

Esses "newbies" (novatos) não estão familiarizados com a cultura e não precisam saber sobre transporte e protocolos.

Para trazer esses novos usuários à cultura da Internet rapidamente, este Guia fornece uma quantidade mínima de procedimentos os quais empresas e indivíduos podem tomar e
adaptar para seu próprio uso.

As pessoas devem estar cientes que, não importa quem disponibiliza seu acesso à Internet, seja um provedor de
acesso à Internet através de uma conta particular ou uma conta
estudantil numa universidade ou uma conta através de uma empresa, essas organizações têm regulamentos sobre a propriedade do correio eletrônico e arquivos, sobre o que é próprio ou não para ser postado ou enviado, e sobre como representar a si mesmo. Certifique-se com os responsáveis sobre essas normas.

Esse documento foi organizado em três seções:

Comunicação um para um, que trata sobre correio eletrônico e talk;

Comunicação um para muitos, que inclui listas de discussão e news; e

Serviços de informação, que incluem ftp, WWW, Wais, Gopher, MUDs e MOOs.

Finalmente, temos uma bibliografia selecionada, que pode ser usada como referência.


[NT:. Conforme aviso anterior, a bibliografia não está presente nessa tradução]


2.0 Comunicação um para um (correio eletrônico e talk)
Definimos uma comunicação como sendo de um para um como aquela onde uma pessoa está se comunicando com outra como se fosse face a face: um diálogo.

No geral as regras comuns para interação com pessoas
devem ser seguidas à risca para qualquer situação e, na Internet, é muito mais importante pois, por exemplo, expressões corporais e o tom de voz devem ser inferidos.

Para maiores informações sobre correio eletrônico e talk, cheque as referências [1, 23, 25 e 27] na Bibliografia Selecionada.

2.1 Guias para o usuário
2.1.1 Para correio eletrônico
- A menos que você tenha seu próprio acesso por meio de um provedor de acesso, certifique-se com seu empregador sobre a propriedade do correio eletrônico.

Leis sobre a propriedade do correio eletrônico variam de lugar para lugar.

- A menos que você esteja usando um dispositivo para criptografia de dados (hardware ou software), você deve assumir que correio eletrônico na Internet não é seguro.

Nunca coloque numa mensagem algo que você não colocaria num cartão postal.

- Respeite os direitos autorais do material que você publica.

A maioria dos países possui leis específicas sobre direitos autorais.

- Se você está reenviando ou repostando uma mensagem que você recebeu, não mude as palavras. Se a mensagem era pessoal para você e você a está repassando para um grupo, peça permissão antes. Você pode reduzir a mensagem fazendo uma cotação apenas das partes relevantes, mas certifique-se de dar-lhes a respectiva atribuição.

- Nunca mande correntes via correio eletrônico. Correntes são proibidas na Internet. Seus privilégios de rede serão revogados. Notifique o administrador local se você receber alguma.

- Uma boa regra: seja conservador com tudo o que envia e liberal com tudo o que recebe.

Você não deve mandar mensagens exasperadas (chamadas "flames") mesmo que seja provocado.

Por outro lado, não se surpreenda se você for "queimado" e é prudente não responder a flames.

- De um modo geral, é uma boa idéia checar, no mínimo, todos os assuntos (subjects) de suas mensagens antes de responder.

Algumas vezes as que pessoas pedem ajuda (ou esclarecimento) mandam outra mensagem que diz "Não se preocupe".

Tenha certeza, também, que qualquer mensagem que você responda foi dirigida a você. Você pode estar recebendo uma cópia ao invés de ser o destinatário principal.

- Facilite as coisas para o destinatário. Muitos programas de correio eletrônico suprimem cabeçalhos que incluem o seu endereço de retorno.

Para assegurar-se que as pessoas saibam quem você é, certifique-se de incluir uma ou duas linhas em sua mensagem com informações para contato.

Você pode criar esse arquivo previamente e acrescentá-lo ao final de sua mensagem. (Alguns programas de correio
eletrônico fazem isso automaticamente)

No jargão da Internet, isso é conhecido como ".sig" ou arquivo de "signature" (assinatura).

O seu .sig toma o lugar de seu cartão de visitas. (E você pode ter mais de um para aplicar a diferentes circunstâncias)

- Seja cuidadoso ao endereçar mensagens. Há endereços que podem ir para grupos, como se fossem para apenas uma pessoa. Saiba para quem você está enviando.

- Observe para quem você está mandando cópias (Cc:) de suas mensagens no momento da resposta. Não continue a incluir pessoas se a conversa se tornou mais específica a dois membros da lista.

- No geral, a maioria das pessoas que usa Internet não tem tempo para responder a dúvidas gerais sobre a Internet e seu funcionamento.

Não mande mensagens não solicitadas perguntando por informação a pessoas cujos nomes você tenha visto em
RFCs ou listas de discussão.

- Lembre-se, as pessoas que se comunicam via correio eletrônico estão em diversas partes do globo.

Quando você enviar uma mensagem para a qual deseja uma resposta imediata, lembre-se que a pessoa que a receber pode estar em casa dormindo.


Dê-lhes uma chance para acordarem, chegarem ao trabalho, conectarem-se à Internet antes de presumir que a mensagem não chegou ou que elas não se importam.

- Verifique todos os endereços antes de iniciar um discurso longo ou pessoal.

Também é uma boa prática incluir a palavra "Longo" no cabeçalho "Assunto: " para que o destinatário saiba que a mensagem demorará um pouco para ser lida.

Mensagens com mais de 100 linhas são consideradas "longas".

- Saiba quem contatar para ajuda. Geralmente você terá os recursos em mãos ou acessíveis.

Procure localmente por pessoas que possam ajudá-lo com problemas software e sistêmicos.

Saiba também a quem se dirigir caso você receba algo questionável ou ilegal.

maioria dos sites possuem o usuário "Postmaster" como um apelido para alguém, de modo que você pode mandar mensagens para esse endereço para receber ajuda.

- Lembre-se que o destinatário é um ser humano cuja cultura, linguagem e humor têm diferentes pontos de referência dos seus.

Lembre-se que formatos de data, medidas e expressões podem não ser compatíveis. Seja muito cuidadoso com sarcasmo.


- Use letras maiúsculas e minúsculas apropriadamente.

LETRAS MAIÚSCULAS SINALIZAM QUE VOCÊ ESTÁ GRITANDO.

- Use símbolos para enfatizar. *Isto* é o que quero dizer.

- Use "underscores" (_) para indicar _sublinhado_.

- Use "smileys" para indicar o tom de voz.

Mas, use-os cuidadosamente. :-) é um exemplo de smiley.

Não entenda que o uso de smileys fará o destinatário sentir-se contente com o que você disse ou relevar um comentário que de outro modo seria um insulto.

- Espere até a manhã seguinte para mandar uma mensagem mais "emocional". Se você realmente acha que deve mandar um comentário sobre o assunto, indique-o com o uso de
chaves FLAME ON/OFF. Por exemplo: FLAME ON: Esta discussão não vale o tanto de banda que ela ocupa. É ilógica e não fundamentada. O resto do mundo concorda comigo. FLAME
OFF.

- Não inclua caracteres de controle ou anexos não ASCII em mensagens, a menos que sejam anexos no formato MIME ou que o seu programa de e-mail os codifique.

Se você mandar mensagens codificadas, certifique-se que o destinatário poderá decodificá-las.

- Seja breve sem ser muito sintético. Quando responder a uma mensagem, inclua do material original só o necessário para o entendimento, nada mais. É extremamente mal educado responder a uma mensagem simplesmente incluindo toda a mensagem anterior: retire a parte irrelevante da mensagem.

- Limite o tamanho da linha a menos que 65 caracteres e encerre a linha com um retorno de carro (CR) pressionando a tecla ENTER.

- As mensagens devem ter o campo "Assunto:" refletindo o conteúdo da mensagem.

- Se você usar uma assinatura, mantenha-na curta. A regra é no máximo 4 linhas.

Lembre-se, muitas pessoas pagam por minuto pela conexão e, quanto maior a mensagem, maiores os custos para eles.

- Assim como o correio (hoje) pode não ser particular, correio eletrônico (e news) está (hoje) sujeito a ser forjado e falsificado em vários níveis de detectibilidade.

Use o bom senso para "checagens de veracidade" antes de assumir uma mensagem como válida.

- Se você acha que a importância de uma mensagem a justifica, responda imediata e brevemente ao remetente para que ele saiba que você a recebeu, mesmo que você vá mandar uma longa resposta posteriormente.

- Expectativas "razoáveis" para conduta no correio eletrônico dependem da sua relação com a pessoa e o contexto da comunicação. Norma para um ambiente específico
podem não ser aplicáveis a comunicações genéricas na Internet. Seja cuidadoso com gírias ou acrônimos locais.

- O custo de entrega de uma mensagem de correio eletrônico é, na média, pago igualmente pelo remetente e pelo destinatário (ou por suas empresas). Isso é diferente de outras mídias como o correio comum, telefone, TV ou rádio.

Enviar uma mensagem a alguém também lhes causa custos de outras maneiras específicas como largura de banda, espaço em disco, uso de CPU. Esta é a razão econômica fundamental pela qual mensagens não solicitadas de propaganda não são bem-vindas (e proibidas em muitos contextos).

- Saiba o tamanho da mensagem que você está enviando. Incluir arquivos grandes como arquivos Postscript ou programas pode fazer sua mensagem tão grande que ela não possa ser entregue ou que, no mínimo, consuma recursos em excesso.

Uma boa regra é não enviar arquivos maiores que 50 kilobytes. Considere a transferência de arquivos como uma alternativa, ou divida o arquivo em pedaços menores e mande-os como mensagens separadas.

- Não envie grandes quantidades de informação não solicitadas a pessoas.

- Se seu sistema de correio eletrônico lhe permite o reenvio de mensagens, cuidado para não tornar o envio cíclico. Certifique-se que você não configurou o reenvio em várias máquinas de modo que as mensagens entrem em loop de um computador
para o próximo e para o próximo e para o próximo...

2.1.2 Para talk:
Talk é um conjunto de protocolos que permite a duas pessoas conversarem interativamente como num diálogo via computador.

- Use letras maiúsculas e minúsculas e a devida pontuação, como se você estivesse escrevendo uma carta ou enviando uma mensagem.

- Não deixe que a linha termine e que o terminal a "quebre" automaticamente; use o retorno de carro (CR) --- com o pressionar da tecla ENTER --- ao final de cada
linha. Também não assuma que o tamanho de sua tela seja igual à de todos. Uma boa regra é não escrever mais que 70 caracteres e não mais que 12 linhas (pois você está usando uma tela dividida).

- Deixe uma margem; não escreva na borda da tela.

- Use dois retornos de carro para indicar que você terminou e que a outra pessoa pode iniciar sua digitação (linha em branco).

- Sempre diga tchau ou outra despedida e espere por uma resposta da outra pessoa antes de encerrar o programa.

Isto é muito importante principalmente quando você
está conversando com alguém distante. Lembre-se: sua comunicação depende da largura de banda (tamanho do caminho de comunicação) e da latência (a velocidade da luz).

- Lembre-se que o talk é uma interrupção para a outra pessoa. Só use apropriadamente. E nunca use talk com estranhos.

- As razões para não se obter uma resposta são muitas. Não presuma que tudo está funcionando adequadamente. Nem todas as versões do talk são compatíveis.

- Se deixado por si só, o talk faz uma rechamada para o destinatário automaticamente.
Deixe-o chamar por uma ou duas vezes e depois dê um "kill" nele.

- Se uma pessoa não responder, você pode tentar outro tty. Use o finger para saber quais estão abertos. Se a pessoa ainda assim não responder, não insista.

- O talk mostra sua habilidade de digitação. Se você digita devagar e comete muitos erros enquanto digita, geralmente não vale a pena perder tempo corrigindo já que a outra pessoa pode, geralmente, entender o que você quis dizer.

- Seja cuidadoso se você estiver rodando mais de um talk!

2.2 Artigos para administradores
- Certifique-se de que você tem diretrizes escritas para lidar com situações especialmente ilegais, impróprias ou de tráfego forjado.

- Trate as solicitações em tempo hábil - no próximo dia de trabalho.

- Responda prontamente a pessoas que possuem queixas sobre o recebimento de mensagens ilegais ou impróprias. Reclamações sobre correntes devem ser tratadas imediatamente.

- Explique quaisquer regras do sistema, como limites de disco (quota), para seus usuários. Certifique-se de que eles entendam as implicações de solicitar arquivos por e-mail, tais como: encher os discos; aumento na conta telefônica, atraso de mensagens, etc.

- Certifique-se de ter o apelido "Postmaster" redirecionado para um usuário válido (alias). Certifique-se de que o mesmo seja feito com as mensagens enviadas para o root. Certifique-se de que alguém leia essas mensagens.

- Investigue reclamações sobre os seus usuários com mente aberta. Lembre-se de que os endereços podem ser forjados ou falsificados.


3.0 Comunicação um para muitos (listas de discussão, news)
A qualquer momento que você se envolva em comunicações com muitas pessoas, todas as regras para correio eletrônico se aplicam. Afinal, comunicar-se com muitas pessoas através de uma mensagem ou um post é análogo a comunicar-se com uma pessoa com a exceção de possivelmente ofender a uma maior quantidade de pessoas.
Entretanto, é importante saber o máximo possível sobre a audiência da mensagem.

3.1 Guia para o usuário
3.1.1 Regras gerais para listas de discussão e news
- Leia a lista ou o news por pelo menos um ou dois meses antes de postar algo.
Isto o ajudará a entender a "cultura" do grupo.

- Não culpe o administrador do sistema pelo comportamento do usuário.

- Considere que uma ampla audiência irá ver suas mensagens. Isso pode incluir seu chefe atual ou futuro. Cuidado com o que escreve. Lembre-se, também, que listas de discussão e news são freqüentemente arquivados e que suas palavras podem ficar armazenadas por um longo período num local onde muitas pessoas terão acesso.

- Admita que as pessoas falam por si mesmas e que o que dizem não representa suas empresas (exceto quando explicitamente dito).

- Lembre-se que ambos, correio eletrônico e news, consomem recursos do sistema.

Preste atenção a quaisquer regras específicas cobrindo o seu uso por parte de sua empresa.

- Mensagens e artigos devem ser curtos e diretos. Não mande off-topics (mensagens fora do escopo da lista), não divague e não mande mensagens somente para apontar erros de digitação ou de português.

Esses, mais do que quaisquer outros comportamentos, o marcam como um iniciante imaturo.

- As linhas de assunto ("Subject:") devem seguir as convenções do grupo.

- Forjamentos e falsificações não são comportamentos aceitos.

- Propaganda é bem-vinda em algumas listas e news, e repugnáveis em outras! Este é outro exemplo de conhecer bem sua audiência antes de enviar uma mensagem.


Propaganda não solicitada que é completamente off-topic será, certamente, uma garantia de recebimento de diversas mensagens iradas.

- Se você está mandando uma resposta a uma mensagem ou post, certifique-se de resumir a mensagem original no início da resposta, ou inclua texto suficiente do original para dar o contexto. Assim, você terá certeza de que os leitores entenderão
sua mensagem quando começarem a ler sua resposta. Como news, especialmente, prolifera-se na base da cópia de uma máquina para outra, é possível que se leia a resposta antes de se ler a pergunta. Dar o contexto devido ajuda a todos. Mas não
inclua toda a mensagem original!

- Novamente, certifique-se de ter uma assinatura a qual você anexa a sua mensagem.
Isto garantirá que quaisquer peculiaridades de programas de correio eletrônico ou de news que retirem alguns cabeçalhos das mensagens não deletarão a única referência na mensagem de como as pessoas poderão contatá-lo.

- Seja cuidadoso com suas respostas ou mensagens postadas. Freqüentemente as respostas são mandadas de volta ao endereço que originou a mensagem - em muitos casos o endereço do grupo ou da lista! Você pode acidentalmente mandar uma resposta pessoal para um grande número de pessoas, envergonhando todos os envolvidos. É melhor digitar o endereço
ao invés de apenas confiar no "reply".

- Notas de recebimento, notificações de não-entrega de mensagens e programas como o "vacation" (férias) não são totalmente padronizados nem totalmente confiáveis para
todos os sistemas de mensagens ligados à Internet. Eles são invasivos quando enviados para listas de discussão e algumas pessoas consideram as "notas de recebimento" uma invasão de privacidade. Em suma: não os use.

- Se você acha que uma mensagem pessoal foi para a lista ou para o grupo, envie uma mensagem pedindo desculpas para a lista e para o grupo.

- Se você se encontra em desacordo com alguém, comuniquem-se diretamente via correio eletrônico ao invés de continuar a mandar mensagens para a lista ou para o grupo. Se você está debatendo um ponto onde o grupo pode ter algum interesse, você poderá mandar um resumo da discussão posteriormente.

- Não se envolva em "flame wars".

Nem poste ou receba material "incendiário".

- Evite o envio de mensagens ou artigos que não são nada mais nada menos que respostas de respostas.

- Seja cuidadoso com fontes mono espaçadas e diagramas. Elas serão mostradas diferentemente em sistemas diferentes e em diferentes programas de correio eletrônico no mesmo sistema.

- Há grupos de discussão e listas que discutem assuntos de uma larga faixa de interesses. Esses representam uma diversidade de estilos de vida, religiões e culturas.
Postar artigos ou enviar mensagens para um grupo cujo ponto de vista é ofensivo a você simplesmente para dizer-lhes que são ofensivos não é aceitável. Discriminação sexual ou racial poderão, também, trazer implicações legais. Há software disponível para filtrar mensagens que você acha contestável.

3.1.2 Guia para listas de discussão
Há vários modos de encontrar informações sobre quais listas de correio eletrônico existem na Internet e como se inscrever nelas. Certifique-se de que você entenda as políticas de sua empresa no que se refere a inscrever-se nessas listas e postar para elas. No geral, é sempre melhor checar os recursos locais antes de tentar encontrar informações na Internet. Todavia, há diversos arquivos postados periodicamente em news.answers , que possuem informações sobre as listas disponíveis na Internet e como inscrever-se em cada uma delas. Este é um recurso de valor incalculável no que se refere a procurar listas sobre qualquer assunto. Veja as referências [9, 13 e 15] na Bibliografia selecionada.

- Envie mensagens de cadastramento (subscribe) e descadastramento (unsubscribe) para os endereços corretos. Embora o software de algumas listas seja "esperto" o suficiente para perceber essas mensagens, nem todos podem fazê-lo.

É sua responsabilidade aprender como as listas funcionam e enviar a mensagem correta para o endereço correto.

Embora muitas listas adotem a convenção de usar um apelido "-request" para enviar mensagens de cadastramento e descadastramento, nem todas o fazem.

Conheça as convenções usadas pelas listas nas quais você se inscreve.

- Guarde a mensagem de inscrição para quaisquer listas que você assinar. Geralmente elas explicam como se descadastrar da lista também.

- Geralmente não é possível retirar mensagens após o envio. Nem mesmo o administrador de seu sistema será capaz de parar o envio de uma mensagem após você postá-la. Isto significa que você deve ter certeza de que você deseja que a mensagem vá enquanto você a escreve.

- A característica de auto resposta de muitos programas de correio eletrônico é útil para comunicação interna mas bem incomodativo quando envia mensagens para listas
inteiras. Examine os endereços do cabeçalho "Reply-To" quando estiver respondendo uma mensagem. A maioria das mensagens respondidas automaticamente vai para toda a lista.

- Não envie arquivos grandes para listas quando URLs ou FTP estiver disponível. Se você quiser enviar em múltiplos arquivos, siga as regras do grupo. Se não sabe quais são, pergunte.

- Considere se descadastrar ou alguma opção de não recebimento de mensagens (quando esta existir) se você não puder checar suas mensagens por um longo período.

- Quando enviar mensagens a mais de uma lista, especialmente se as listas possuem assuntos relacionados, desculpe-se pelo cross-posting.

- Se você fizer uma pergunta, certifique-se de enviar um resumo para a lista com a solução. Quando fizer isso, realmente resuma e não apenas junte as respostas que você recebeu.

- Algumas listas são particulares. Não envie mensagens para essas listas sem ser convidado. Não relate mensagens dessas listas para uma grande audiência.

- Se você se encontrar numa discussão, mantenha-na focada nos artigos ao invés das personalidades envolvidas.

3.1.3 Regras para news
NetNews é um sistema globalmente distribuído que permite a pessoas se comunicarem sobre assuntos de interesse específico. É dividido em hierarquias, com as maiores divisões sendo: sci - discussões relativas a ciências; comp - discussões relativas
a computadores; news - para discussões que tem o próprio NetNews como foco; rec - atividades recreativas; soc - assuntos sociais; talk - discussões intermináveis; biz - postagens relativas a negócios; e alt - a hierarquia alternativa. Alt tem esse nome porque criar um grupo alternativo não passa pelo mesmo processo que criar um grupo em outras partes da hierarquia. Há também hierarquias regionais, hierarquias amplamente distribuídas como a Bionet, e os seus negócios podem ter seus próprios grupos também. Recentemente foi acrescentada uma hierarquia "humanities" (humanidades) e com o passar do tempo, mais serão acrescentadas. Para maiores informações sobre News
veja as referências [2, 8, 22 e 23] na Bibliografia selecionada.

- Na linguagem do NetNews, "postar" refere-se a enviar um novo artigo a um grupo, ou responder a uma mensagem que outra pessoa enviou. "Cross-posting" significa postar
uma mensagem a mais de um grupo. Se você fizer um cross-posting ou introduzir "Followup-To:" (seguir para) no cabeçalho de sua mensagem, avise aos leitores! Estes
irão comumente admitir que a mensagem foi enviada apenas para um grupo específico de leitores e que as mensagens seguintes irão apenas para este grupo. Os cabeçalhos de uma mensagem mudam esse comportamento.

- Leia todas as mensagens da discussão que se segue (chamamos esta discussão de "thread" - enfileiramento, com o sentido de uma linha de mensagens sobre o mesmo assunto) antes de enviar respostas.

Evite enviar mensagens com "Eu também!", onde o conteúdo é limitado à simples concordância com mensagens anteriores.

O conteúdo de uma mensagem que continua a thread deve ser maior que o conteúdo da mensagem anterior.

- Envie mensagens de correio eletrônico quando a resposta for apenas para uma pessoa.


Lembre-se que News tem uma distribuição global e que o mundo todo provavelmente NÃO está interessado numa resposta pessoal. Entretanto, não hesite em postar algo quando
for de interesse geral aos participantes do grupo.

- Cheque a seção "Distribution" no cabeçalho da mensagem, mas não confie apenas nele.
Devido à complexidade do método de entrega de mensagens no News, os cabeçalhos "Distribution" não são confiáveis. Mas, se você está postando algo que será de interesse para um número limitado de leitores, use uma linha de distribuição que tenta limitar a distribuição de seu artigo a essas pessoas. Por exemplo, configura a "Distribution" para "nj" se você está postando um artigo que será interessante apenas para os leitores de Nova Jersey.

- Se você acha que um artigo vai ser de interesse para mais de um grupo, certifique-se de fazer o CROSS-POST ao invés de mandar mensagens individuais para cada grupo. No geral,
provavelmente cinco ou seis grupos terão interesses semelhantes para garantir isto.

- Considere o uso de fontes de referência (manuais, jornais, arquivos de ajuda) antes de enviar uma pergunta. Perguntar a um grupo quando as respostas estão prontamente disponíveis gerará respostas como "RTFM" (Read The Fine Manual --- embora outras palavras em inglês começadas com F também sejam usadas...).

- Embora haja grupos que recebam bem mensagens com propagandas, no geral o envio da mesma é considerado nada mais nada menos que um ato criminoso. Enviar uma mensagem
para cada um dos grupos garantirá a sua perda de conectividade.

- Se você descobrir um erro na sua mensagem, cancele-a tão brevemente quanto possível.

- NÃO TENTE cancelar artigos que não sejam seus. Contate seu administrador se você não sabe como cancelar uma mensagem ou se uma mensagem de outra pessoa necessitar ser cancelada -- como correntes, por exemplo.

- Se você enviar algo e não vê-lo imediatamente, não assuma que houve erros e não reenvie.

- Alguns grupos permitem (e outros tantos acolhem bem) mensagens que em outras circunstâncias seriam consideradas de gosto duvidoso. Ainda, não há garantias de que todas as pessoas lendo o grupo irão apreciar o material como você o aprecia.
Use o utilitário Rotate (que rotaciona todos os caracteres em sua mensagem por 13 posições no alfabeto) para evitar ofensas. O utilitário Rot13 para Unix é um exemplo.

- Em grupos que discutem filmes ou livros é considerado essencial marcar artigos com conteúdo censurável como "Spoilers". Coloque essa palavra na linha Subject:. Você
pode acrescentar linhas em branco ao começo da mensagem para manter o conteúdo fora de vista ou pode usar o Rotate.

- A falsificação de artigos de news é geralmente censurável. Você pode proteger-se de falsificações usando softwares que gerem uma "impressão digital" para detectar se houve ou não manipulação. Um dos exemplos desse tipo de software é o PGP.

- Mensagens enviadas a partir de servidores anônimos são aceitas em alguns grupos de não recomendadas em outros. Um material que é inadequado quando enviado sob o nome de alguém continua inadequado quando enviado anonimamente.

- Espere um pequeno atraso para ver sua mensagem quando enviá-la a um grupo moderado.
O moderador pode modificar o assunto de sua mensagem para adequá-la a uma thread em particular.

- Não se envolva em flame wars. Nem poste ou responda a material incendiário.


3.2 Guia para o Administrador
3.2.1 Assuntos gerais
- Deixe bem claras as políticas de seu site sobre inscrições em grupos de news e em listas de discussão por correio eletrônico.

- Deixe bem claras as políticas de seu site sobre enviar mensagens para grupos de news e listas de discussão, inclusive o uso de termos de responsabilidade nas assinaturas.

- Explique e publique a política de arquivamento. (Por quanto tempo as mensagens são mantidas?)

- Investigue acusações sobre seus usuários prontamente e com uma mente aberta.

- Certifique-se de monitorar a "saúde" de seu sistema.

- Considere por quanto tempo arquivar os registros do sistema (logs) e publique sua política de registros.


3.2.2 Listas de discussão
- Mantenha as listas atualizadas para evitar problemas de retentativas de mensagens.

- Ajude os mantenedores das listas quando surgirem problemas.

- Informe aos mantenedores das listas de qualquer janela de manutenção ou tempo de desligamento planejado.

- Certifique-se de ter um apelido "-request" para inscrição e administração das listas.

- Certifique-se de que todos os gateways de correio eletrônico operem suavemente.


3.2.3 NetNews
- Publique a natureza da origem das mensagens que você recebe. Se você não recebe todas as mensagens, as pessoas podem querer saber o porquê.

- Esteja certo de que devido à variedade de leitores de news podem fazer com que o servidor seja culpado por problemas nos clientes.

- Honre as solicitações de usuários imediatamente se eles solicitarem o cancelamento de suas próprias mensagens ou de mensagens inválidas, como correntes.

- Tenha apelidos para os endereços "Usenet", "Netnews" e "News" e certifique-se de que alguém leia as mensagens para esses usuários.


3.3 Guia para o Moderador
3.3.1 Regras gerais
- Certifique-se de que o seu FAQ (perguntas feitas com freqüência) seja enviado a intervalos regulares. Inclua suas regras para artigos/mensagens. Se você não é o mantenedor do FAQ, certifique-se de que ele o faça.

- Certifique-se de manter um boa mensagem de boas vindas, que contenha informações para inscrição e cancelamento.

- Grupos de news devem ter suas leis / regras postadas regularmente.

- Mantenha as listas de discussão e o news atualizados. Envie mensagens em tempo hábil. Escolha um substituto quando você entrar em férias ou sair da cidade.



4.0 Serviços de Informação (Gopher, Wais, WWW, ftp, telnet)
Na história recente da Internet, a Net tem explodido com novos e variados serviços de informação. Gopher, Wais, World Wide Web (WWW), Multi-User Dimensions (MUDs),
Multi-User Dimensions Orientadas a Objetos (MOOs) são algumas dessas novas áreas.
Embora a capacidade de encontrar informações esteja explodindo, o risco permanece constante. Para mais informações sobre esses serviços, consulte as referências [14
e 28] na Bibliografia Selecionada.

4.1 Guia para o Usuário
4.1.1 Regras gerais
- Lembre-se de que todos esses serviços pertencem a alguém. A pessoa que paga as contas faz as regras de uso. A informação pode ser grátis - ou não! Cheque isto.

- Se você tem problemas com algum tipo de serviço de informação, inicie a resolução do problema com checagens locais: cheque configurações de arquivos, configuração do
software, conexões de rede etc. Faça isto antes de assumir que o problema esteja no lado do fornecedor e/ou é culpa do mesmo.

- Embora haja convenções de nomenclatura para tipos de arquivos usados, não se baseie apenas nisso. Por exemplo, um arquivo ".doc" não é sempre um arquivo do Word.

- Os serviços de informação também usam convenções, como www.xyz.com. Embora seja útil conhecer essas convenções, novamente, não se baseie apenas nelas.

- Saiba como funcionam os nomes de arquivos em seu sistema.

- Esteja ciente das convenções usadas para o fornecimento de informações durante as sessões. Os sites de FTP geralmente possuem arquivos com o nome README num dos
diretórios principais e que possui informações sobre os arquivos disponíveis. Mas não assuma que esses arquivos estão atualizados ou que são precisos.

- NÃO admita que QUALQUER informação que você obtenha esteja atualizada ou que seja precisa. Lembre-se que as novas tecnologias apenas permitem que praticamente qualquer
um seja divulgador, mas nem todas as pessoas descobriram as responsabilidades que acompanha a publicação.

- Lembre-se que a menos que você tenha certeza que autenticação e segurança estejam sendo usadas, qualquer informação que você enviar a um sistema está sendo transmitida
pela Internet "às claras", sem proteção contra "sniffers" (farejadores) ou falsificadores.

- Tendo a Internet um alcance global, lembre-se que os serviços de informação podem refletir culturas e estilos de vida notavelmente diferentes de nossa comunidade.
Materiais que você julga ofensivos podem ser oriundos de uma região geográfica onde eles sejam perfeitamente aceitáveis. Mantenha a mente aberta.

- Quando você quiser informações a partir de um servidor popular, certifique-se de usar o espelho mais próximo quando houver uma lista.

- Não use o site de FTP de alguém para fornecer material que você quer que outras pessoas peguem. Isto é chamado "dumping" e não é um comportamento aceitável, na
maioria das vezes.

- Quando você tiver problemas com um site e solicitar ajuda, certifique-se de incluir o máximo possível de informações para ajudar na depuração do problema.

- Quando você ativar o seu próprio serviço, como uma página pessoal, converse com o administrador do sistema para descobrir quais as regras que se aplicam a essa situação.

- Considere ajudar a espalhar a carga nos servidores de serviços populares evitando a hora do "rush" e conectando-se em horários fora de pico.


4.1.2 Regras para serviços interativos em tempo real (MUDs, MOOs e IRC)
- Como em outro ambiente, é sábio "ouvir" primeiro para aprender a cultura do grupo.

- Não é necessário saudar a ninguém num canal ou sala pessoalmente. Geralmente um "Olá" ou o equivalente é o suficiente. Usar as automatizações de seu programa para
saudar as pessoas não é um comportamento aceitável.

- Notifique aos participantes quando você desejar enviar grandes quantidades de informação. Se todos consentirem, você pode enviar, mas enviar informação sem um aviso é considerado um mal hábito assim como em mensagens de correio eletrônico.

- Não assuma que pessoas que você desconhece irão querer conversar com você. Se você sentir necessidade de enviar mensagens particulares a pessoas que você não conhece,
então esteja preparado para aceitar educadamente o fato de que elas podem estar ocupadas ou podem simplesmente não querer conversar com você.

- Respeite as regras do grupo. Procure por materiais introdutórios. Estes podem estar em sites de ftp relacionados.

- Não questione outros usuários sobre informações pessoais como sexo, idade ou local onde mora. Após você construir uma maior convivência com outro usuário, estas questões
serão mais apropriadas, mas muitas pessoas evitam dar esse tipo de informação a pessoas com as quais não estão familiarizados.

- Se um usuário está usando um apelido ou pseudônimo, respeite o desejo desse usuário pela anonimicidade. Mesmo se você e essa pessoa forem grandes amigos, é mais educado usar o apelido. Não use o verdadeiro nome de uma pessoa numa conversa on-line sem sua permissão.


4.2 Regras para o Administrador
4.2.1 Regras gerais
- Deixe claro o que está disponível para ser copiado e o que não está.

- Descreva o que está disponível em seu site e o modo como é organizado. Deixe bem claras quaisquer políticas gerais existentes.

- Mantenha as informações, especialmente os READMEs, atualizadas. Disponibilize os READMEs em ASCII puro.

- Mostre uma lista de espelhos do seu site se você a conhece. Certifique-se de incluir uma mensagem de direitos autorais aplicável aos espelhos. Liste a agenda de atualização
dos mesmos se possível.

- Certifique-se de que informações populares (e massivas) possuem a largura de banda necessária para suportá-la.

- Use convenções para extensões de arquivos

.txt para texto ASCII; .html ou .htm para HTML; .ps para PostScript; .pdf para Documentos em Formato Portátil; .sgml ou
.sgm para SGML; .exe para executáveis não-Unix; etc.

- Para arquivos que serão transferidos, tente fazer com que seus primeiros oito caracteres formem um nome único.

- Quando disponibilizar informações, certifique-se de que seu site tem algo único a oferecer. Evite montar um serviço de informação que simplesmente aponte para outros serviços na Internet.

- Não indique outros sites sem perguntar antes.

- Lembre-se que configurar um serviço de informação é mais do que desenhá-lo e implementá-lo. É também mantê-lo.

- Certifique-se de que o material postado é apropriado à organização que o suporta.

- Teste os aplicativos com diversas ferramentas. Não admita que tudo funciona se você só testou com um cliente. Também, assuma a baixa tecnologia dos clientes e não crie aplicações que só possam ser usadas por Interfaces Gráficas.

- Tenha uma vista consistente para sua informação. Certifique-se de que a aparência e as facilidades permaneçam as mesmas em seus aplicativos.

- Tenha noção da longevidade de sua informação. Certifique-se de datar materiais que têm um tempo de duração e seja cuidados na manutenção desse tipo de informação.

- Restrições de exportação podem variar de país para país. Certifique-se de entender as restrições de importação para o material enviado.

- Diga aos usuários o que você pretende fazer com qualquer informação que você coleta, como uma realimentação via WWW. Você deve avisar as pessoas se você pretender publicar
qualquer informação obtida com elas, mesmo que passivamente apenas tornando-a disponível a outras pessoas.

- Certifique-se de que sua política no quesito dos serviços de informação disponibilizados aos usuários, como páginas pessoais, sejam bem conhecidas.


5.0 Bibliografia Selecionada
NT:. Consultar documento original.

6.0 Considerações sobre segurança
Artigos de segurança não são discutidos neste documento.

7.0 Endereço do Autor
NT:. Consultar documento original.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Nilsinho no Twitter!

Nossa simpática governadora, Wilma de Faria, sem aqui quiser falar de política, é um claro exemplo de administrador público do 3º Milênio, que usa todos os meios de comunicação, além dos tradicionais TV e radio, para exercer um governo transparente perante os cidadãos.
No decorrer do dia, a Governadora do RN publica no Twitter dezenas e dezenas de breves mensagens, atualizando sempre que puder as informações relativas as suas atividades diárias.
O cidadão potiguar pode conferir onLine a agenda da governadora e acompanhar suas atuações lendo os tweets dela.
Muitos políticos norte-riograndenses estão fazendo o mesmo, aliás parece que o RN seja o Estado brasileiro com a maior participação de políticos ao Twitter.
Entre as raras exceções no solo potiguar está o Prefeito Nilsinho, de Tibau do Sul.
Seguindo o exemplo da Governadora Wilma e do secretário de Turismo municipal, Carlos Gomes, já tuiteiros das antigas, o sr. Prefeito poderia aproveitar do serviço simples e eficaz oferecido gratuitamente pelo Twitter para informar todo mundo aqui sobre suas atividades como máxima autoridade local.
Mudanças e transparência. Nilsinho no Twitter já!

sábado, 21 de novembro de 2009

Barracas na praia? Alguém pensou nisso?


Perguntar não ofende. Porque tanta afobação na decisão do estilo das barracas de praia? Alguém já se perguntou quantas são necessárias em cada praia e se elas são obrigatórias em todas as praias?

Será possível que algum cidadão pipense com inteligência mediana se pergunte se nossa comunidade deveria ter uma ou mais praias totalmente proibidas para vendas de produtos que não seja por pessoas à pé e andando com seus produtos, com interdição de parada sob o risco de perder a licença?

Será que há mais algum algum morador, além de mim, que acha que Pipa deveria ter algumas praias sem transformação humana? Praias selvagens, Protegidas? Elegantes e tranquilas, sem bafaculê? Sem as sórdidas cadeiras de plástico branco, sem garçons oferecendo coisas e interrompendo conversas até quando não sentamos nas suas cadeiras? Sem os esgotos de cozinha, os piores poluidores - muito mais do que resíduos de banheiros, que elas despejam nas areias onde sentaremos amanhã?

Vamos entupir nossas praias públicas com música alta e parasóis com marca de cerveja ou cartão de crédito (que os turistas levam para casa em todas as suas fotos?

Vamos escolher para nós como nossa imagem de marketing os "resorts" bregas do Caribe, quase todos em dificuldades econômicas e com o infame "all inclusive" que ofende os nativos?

E não me venham dizer que a Praia das Minas já é preservada porque é onde menos gente vai exclusivamente por causa de sua natureza hostil: excesso de vento e mar perigoso.

A Baía dos Golfinhos vem lenta e escandalosamente sendo ocupada por cadeiras e barracas, com a cervejinha de sempre e o Parque Natural está sendo agredido, até pelas milhares de quengas de côco que os vendedores ao invés de levarem de volta para casa depois de esvaziadas, jogam na falésia? E a tralha de cadeiras quebradas e quardasóis em pedaços que vivem jogados na areia, na falésia e na vegetação desta que é nossa praia mais atraente para os visitantes?

Ou vamos oferecer como nosso charme e atração uma paisagem honesta, modesta, simples, não adulterada, coisa rara no mundo de hoje e que europeus procuram como o ar puro?

Praia é para bronzear? Socializar? Nadar? Surfar? Ou beber cerveja com pastel em deselegantérrimas cadeiras e mesas de plástico, que substituíram a areia alva e pura?

Peço que se alguém pensa que não é necessário transformar as praias de Pipa numa poluída "Ponta Negra do Sul", que se manifeste e diga o que pensa, pois já estou começando a pensar que só eu, brasileiro da gema, e os europeus e americanos gostamos de praias naturais e não extensão das "Passarelas do Alcóol" que mataram o turismo de qualidade de Porto Seguro?

Pensem bem pipenses! Vamos virar Porto Seguro e destino único dos charters da CVC? E morrer na praia?

Triste destino para uma cidade linda mas condenada ao fracasso porque muitos de seus habitantes - principalmente os que mandam - só pensam no lucro, um trôco, rápido, fácil, às custas do patrimônio público.

Pobre Pipa, que os céus tenham piedade de tí... e de nós, teus moradores amantes apaixonados por tua beleza natural!

Pelo fim da destruição impune de nosso, meu, seu, patrimônio natural! Chega de miséria intelectual!

Alguém aí acordado?

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Projeto Orla e Urbanização da Praia do Amor

Pelo e-mail recebemos do sr. Jack d'Emilia do Fórum Pipa o texto publicado abaixo, que lhe foi entregue pelo sr. Caio Pereira junto com a apresentação digital do projeto de urbanização da praia do Amor, que foi exibida na última reunião do Projeto Orla; o projeto elaborado pelo eng. Marcelo Porto foi considerado interessante para ser usado como exemplo pela urbanização das praias do município.
Porém dito arquivo pps deve ter-se corrompido durante a transmissão de dados na internet, pois não conseguimos abri-lo nem visualizá-lo. Já entramos em contato com os sr. Jack e sr. Caio para receber uma nova cópia do arquivo e publicá-lo em breve neste blog.

A seguir o texto do sr. Caio:

Antes tarde do que nunca, depois de passar mais ou menos 10 anos tentando mostrar o que pode ser um norte para um problema no litoral do município de Tibau do sul, tive a satisfação de mostrar em uma reunião, onde a primeira vez de fato pude ser ouvido e apresentar um plano de ordenamento para o município de Tibau do Sul, se houver compreensão em partes interessadas, donos de quiosques, bares, barracas, ambulantes, GRPU, Idema, Ibama , Prefeitura, associações locais , Ministerio Publico e etc...
Se não usarmos politicas partidárias, interesses meramente pessoais, está razoavelmente fácil solucionar o problema de ordenamento costeiro de Tibau do Sul, pois não estamos falando de todo o Estado ou de um problema de toda a costa brasileira que compreende quase 8.000 km. Estamos falando de no maximo 20 km. de costa litoranea da cidade de Tibau ate a vila de Sibauma.


Partindo do principio que nosso município teve a feliz vocação de 80% da nossa economia local voltada ao turismo, não podemos simplesmente extinguir os bares e quiosques das praias de Pipa, e sim considerar a grande necessidade de um ordenamento e fortalecimento de nossas bases para um bom atendimento e preservação do nosso espaço.
Na minha opinião, não e possível só resolver o problema da praia de Tibau do Sul e da praia do Centro de Pipa; concordo que devemos resolver este problema também, mas nao sei que critério estão utilizando para priorizar esses dois trechos, sabendo que esse trecho é mas utilizado para turismo de passantes, e “excluir” do Projeto Orla os trechos de Cacimbinhas, Madeiro e praia do Amor, esses sim freqüentados por um numero mais de turistas que vem a ficarse nas pousadas e hotéis do municípios por semanas.
Analisando esse quadro e analisando minha exposição do problema e da ”solução”, continuo a afirmar que toda a costa de Tibau do Sul deve ser ordenada e não apenas as praias de Tibau e a praia do Centro; se analisarmos bem os projetos que foram apresentados, visivelmente podemos ver que o primeiro projeto apresentado, bonito, mas interessante para uma cidade grande, não correspondendo com a realidade de nosso município que tem um charme e sua própria característica, com seus coqueiros, praias e rusticidade.
Gostaria de convidar o arquiteto do primeiro projeto apresentado para a prefeitura e juntos encontrarmos um projeto adequado para o município, mesclando seu projeto com o meu apresentado para a praia do Amor.



Um município já tão carente de recurso ao invés de gastar milhões comprando terrenos para urbanizar as barracas deveria entrar em um entendimento com o Patrimônio da União, “ajustamento de conduta”, e tentar fazer um projeto dos mas simples e com cara de praia, pois um município onde falta verba para terminar um muro da escola, falta verba para um alojamento decente para policiais, falta verba para saúde, educação e estrutura de saneamento e etc. não pode se focar em gastar milhões em um terreno , simplesmente para recolocar 20% de partes das barracas, se tivermos vontade de um entendimento com o Patrimônio da União sei que e possível um ajustamento de conduta para 100% da costa do municipio, com o custo muito menor e a qualidade muito maior.
Creio que o que faltou até agora e a busca harmoniosa desde entendimento. conversando com o senhor Helio do Patrimônio da União percebi que e possível sim um entendimento desde que tenhamos uma solução bem elaborada , com o mínimo de impacto e funcionabilidade e uso restrito da área da União, sabendo que jamais seremos donos dessas áreas e sim apenas concesionarios, com regras a cumprir não essa bagunça generalizada ano após ano nesse municipio. Temos que convocar todos os interessados para que fique claro como elaborar e executar esse projeto de uma vez por todas , porque após as demolições parciais de alguns bares na costa de Tibau do Sul o numero de ocupações aumentou 10 vezes mais...com 10 vezes menos estrutura e 10 vezes mais problemas para o municipio.

sábado, 14 de novembro de 2009

Ambulante obstinado


Após passar alguns dias por baixo do deck, esse ambulante
perdeu o receio e ficou à vista de todos, inclusive dos dois
fiscais na sombra, que nada fizeram ou disseram
Sexta-feira 13 de novembro às 12:00h

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Reveillon na Pipa


Ontem à noite houve uma reunião em caráter emergencial entre empresários e o Prefeito para tratar a organização do Reveillon.
Parece que, por já ser em cima da hora, não tem muito para fazer em termos de festejos. Resta dar atenção especial para uma boa execução do evento e minimizar os transtornos.
Segundo nossas informações, não terá bandas ao vivo, apenas os fogos e uma decoração festiva na rua principal para caracterizar o período da passagem do ano.
Assim pedimos, por favor, ao sr. Carlos Gomes, assessor digital da Prefeitura, além de Secretário de Turismo interino, nos repassar todas as informações relativas ao assunto para que possamos publicá-las neste blog, onde convidamos todo cidadão exprimir a própria opinião e dar suas boas sugestões.

Desde já queremos ressaltar os seguintes pontos:

- Considerando o tempo extremamente seco, devia-se solicitar um carro dos bombeiros no morro para controlar eventuais incêndios.

- O deck na praia principal precisa urgentemente ainda de reparos e reforços para não desabar de repente.

- Devia-se solicitar a presença da Policia Ambiental para solucionar o transtorno dos carros de som nas ruas e nas casas de aluguel.

E agora a opinião de vocês, amigos...

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Buggy na praia principal # 2


Buggy circulando na praia principal no meio dos banhistas
domingo, 8 de novembro de 2009
(Fotografia de Anônimo - enviada pelo e-mail)

800 "gatos" na Pipa


Segundo o presidente da Caern, engenheiro Walter Gasi, a causa principal do problema de má distribuiçao da água na Praia da Pipa é determinada pela presença de cerca 800 ligações clandestinas à rede hídrica urbana.
Ontem, durante a reunião sobre saneamento básico, o eng. Carlos Gomes, da Secretaria de Turismo municipal, atendendo ao pedido de muitos, levantou o problema que anda atrapalhando a vida de numerosos moradores e comerciantes desse distrito: a falta d'água.
Em alguns bairros da Pipa, a água chega só de madrugada e sem muita pressão; às vezes não dá nem para encher a caixa d'água e garantir a fundamental higiene do lugar: algumas escolas suspenderam as aulas em muitas ocasiões por causa disso.
O engenheiro Walter Gasi, recém-chegado no RN de SP, não perdeu tempo. Celular na mão, ativou logo uma pesquisa técnica sobre o assunto; em breve, junto aos dados dos fluxos diarios, chegou a noticia que na Pipa existem cerca de 800 ligações clandestinas à rede hídrica urbana.
Isso é um absurdo numa cidade desse tamanho, pois corresponde a mais do 25% do consumo local de água.
Mesmo assim, considerando a expansão constante da Pipa, o presidente da Caern entendeu necessária a instalação de uma nova bomba, perto do ginásio, para garantir o abastecimento d'água da inteira comunidade.
O engenheiro Walter Gasi, enfim, disse que em breve uma fiscalização irá apurar todas as ligações clandestinas.
Vai ser uma verdadeira "Caça ao Gato" !!!

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Sozinho não dá pra fazer tudo!

O secretário de Meio Ambiente de Tibau do Sul, sr. Gaspar Christiano Moreira, em entrevista concedida ao Jornal da Pipa, declarou que a falta de infra-estrutura e recursos humanos representa o maior obstáculo ao desenvolvimento das atividades e ações da secretaria municipal que, contudo seja de grande importância no panorama administrativo local, conta apenas com o esforço pessoal dele.
A comunidade reunida e as associações talvez deveriam cobrar logo do prefeito Nilsinho uma atitude que permita ao secretário Gaspar de exercer seu cargo com ferramentas e dignidade.

Falta de água

Um simples cano entupido deixou barracas, pousadas, restaurantes e casas à beira-mar, na praia Central da Pipa, sem água por mais de 48 horas. Na manhã da sexta-feira os primeiros a pressentir a ausência da agua nas torneiras foram os barraqueiros, porque a maioria deles não usa caixa d'agua. Mas, já na madrugada, antes de fechar a casa, os copeiros do Beach Club não sabiam mais como lavar pratos e copos sem água.
Muitos telefonemas ao escritório de Pipa da Caern alertaram do problema o gerente local e outros empregados, os quais prometeram resolver a questão logo, mas à noite a água continuava faltando.
Triste foi no sábado de manhã descobrir que a água ainda faltava nas torneiras e que o escritório local da Caern só voltaria a funcionar na segunda. Uma série de ligações à Gerencia Geral da Caern em Parnamirim não deu em nada no sábado, primeiro dia do evento esportivo "Verão Total", que trouxe este ano na Pipa atletas de dez diferentes estados brasileiros.
Foi somente pela parte da manhã do domingo que uns operários da Caern vindos de Natal finalmente resolveram o problema.
Mas isso não foi um caso isolado: a má distribuição de água na rede urbana gera muito transtorno diariamente. Em muitas áreas da Pipa a água chega só em algumas horas do dia e com pouca pressão. Algumas escolas já ficaram fechadas por vários dias, em muitas ocasiões neste ano, pela falta de água nas torneiras, prejudicando a educação dos estudantes.
O sr. Carlos Gomes disse ontem que ia falar pessoalmente sobre este assunto com o presidente da Caern, o engenheiro W.Gasi, que estará presente hoje na reunião sobre saneamento básico. Será que a solução desta situação surgirá desse encontro?
O verão está chegando...

JP - Falha nossa !

Contudo seja sempre aconselhável uma cuidadosa revisão dos textos antes de enviar para a gráfica, corrigir os erros de digitação nas reportagens de uma publicação do porte do Jornal da Pipa seria pura maldade por nossa parte.
Mas publicar anúncios publicitários, supostamente a pagamento, que contenham erros é f... né, amigos?
Vejam a seguir alguns deles publicados na edição de outubro do JP.


O prato premiado no festival gastronômico virou "preniado"...
...kkkkkkkkkkk!!!


A padaria française ficou "fançaise"...
...hehehe...


... e a loja Lillyth tornou-se "Lilluth"!
...rsrsrs...

Não fiquem zangadas conosco, amigas do JP. Nossas criticas, ora sérias, ora irônicas, visam apenas o continuo melhoramento dessa publicação: afinal das contas, credibilidade e profissionalismo são fatos reais e não palavras pra encher a boca!

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

A mudança dos abusivos

Informamos a Prefeitura de Tibau do Sul e todos os órgãos estaduais e federais prepostos para a fiscalização e o cumprimento da Lei, que os vendedores abusivos impedidos há algumas semanas de ocupar ilegalmente a Praia Principal da Pipa não desistiram de suas atividades ilícitas e apenas mudaram-se para outras praias do mesmo município.
Segundo as informações que coletamos, quatro novos "vendedores" instalaram-se na Baia dos Golfinhos, quer dizer em plena área da Reserva Faunística Marinha, espalhando ali dezenas de cadeiras, espreguiçadeiras e sombrinhas.
Todos os outros mudaram-se para a Praia do Madeiro, onde além de instalar cadeiras, espreguiçadeiras e sombrinhas, construiram algumas novas barraquinhas. É de hoje a noticia que uma área verde após a Barraca do Jegue está sendo desmatada para construir algo no lugar.
Esperamos que uma pronta intervenção da Prefeitura e dos outros órgãos competentes possa resolver esta praga já alastrada no município.
Não podemos deixar que poucos irresponsáveis acabem por sempre com as belezas naturais deste paraíso tropical.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

O atraso da Pipa segundo Eliana Lima

Por falar em futuro, que futuro esperam os empresários da Pipa?

Praia conhecida mundialmente pelos seus encantos e belezas naturais, é um dos destinos turísticos mais badalados do Brasil. Mas como pode um famoso destino turístico não aceitar cartão de crédito em bares e restaurantes?

Qual o turista que viaja com o bolso cheio de dinheiro?

Pior: os dois caixas eletrônicos do Banco do Brasil estavam sem dinheiro durante o feriadão que levou muita gente ao paraíso.

Confira na Tribuna do Norte onLine.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Carro na praia # 2


Carro estacionado na praia - no meio dos banhistas
Praia da Pipa - 2 de novembro de 2009
(Fotografia de Cezar - enviada pelo e-mail)

Foto Repórter você também!

Para colaborar com Pipa TeVê enviando fotografias, faça o seguinte:

- Envie uma mensagem de e-mail anexando a fotografia com uma breve descrição e especificando o lugar e a data em que foi tirada, se for possível.
- Acrescente o texto a seguir:
Autorizo Pipa TeVê a publicar esta minha fotografia na rede internet, seja no blog, que no Orkut e o Youtube.
- Depois especifique se quiser aparecer como autor da fotografia ou ficar anônimo.

Só isso. O e-mail é pipatv2000@gmail.com

domingo, 1 de novembro de 2009

Moto na praia # 3

Apesar das muitas promessas do sr. Carlos Gomes, que disse ia brevemente articular a proibição do trânsito de veículos a motor nas praias urbanas do município, dito tráfego continua quotidianamente, sendo muito comum ver circularar na praia principal as motos das entregas e a nova moda da Pipa: os quadriciclos.
Hoje a sra. M.A. de João Pessoa, que estava deitada na areia, absorta em seus pensamentos, xingou muito o motoqueiro que passou tão perto dela assustando-a. Sugeri à sra. M.A. ir na delegacia para denunciar o ocorrido e espero que ela vá mesmo.
O sr. Carlos Gomes, em nome da administração pública municipal, continua falando de avanço e colaboração, mas deveria entender que a Qualidade de um Destino Turístico Internacional é feita cuidando muito dos pequenos detalhes que fazem a diferencia.

Lugar sombrio # 1 (Ex-Fabrica de Gelo)

Sentados nos degraus da ex-fabrica de gelo de Praia da Pipa
é comum ver à noite pequenos grupos de viciados fumando crack

Capim Fashion na Pipa

Praça do Pescador - Praia da Pipa
de 30 de outubro a 2 de novembro de 2009