domingo, 14 de março de 2010

Os donos da praça

Os donos da praça pública de Pipa são um bando de hippies, mal-educados e atrevidos, que ocupam abusivamente a escada de acesso à Praça do Pescador e as calçadas adjacentes, expondo suas bugigangas no meio do caminho e atrapalhando a passagem de moradores e turistas.
Mas o pior é que alguns deles se aproveitam da situação para oferecer e vender maconha, e sei lá o que além disso, para os turistas à procura de "algo mais" na Pipa.
Anteontem, fui sentar com um meu amigo bem perto dessa turminha lá na praça e, em pouco menos de uma hora, a gente testemunhou a venda de seis trouxinhas de maconha para outras tantas pessoas, não faltando um típico golpe dado num estrangeiro, que pagou pelo mesmo tablete de maconha prensada o dobro do preço cobrado aos outros.
Quem fazia as transações com os turistas era um jovem "rastafari", mas quem guardava o flagrante e o dinheiro, escondidos nas dobras da saia, era a mulher dele, ainda mais segurando uma criança no colo.
É interessante destacar que, no mesmo período, passaram quatro carros de polícia, mas ninguém percebeu nada do obscuro comércio.
Como é possível conciliar a presença dessa turba de marginais na mesma praça onde se reúnem as crianças e os jovens da Pipa, eu não consigo entender.
Precisamos fazer logo uma bela faxina na nossa praça!

63 comentários:

policarpo matos disse...

pode crêr!!já não tem espaço!! mal educados,abusados,e não contribuem em nada de bom!!!faxina já!!

Daniel disse...

Gostaria de saber a respeito da manistação no dia 13 de maio, vai ter mesmo?
que horas? aonde?
Obrigado

Editor Chefe disse...

manistação = manifestação

Anônimo disse...

Como pode haver manifestação se aqueles que se dizem pertencerem à oposição recebem salário ou pagamento por serviço prestado da prefeitura? Quem vai organizar um movimento desse tipo? Mas só o fato de alguém haver sugerido tal movimento já é um avanço na mentalidade desse povinho idiota. Sugiro que a população forme grupos para entender melhor a administração (antiadministração?) antes de sair dizendo bobagem no 13 de maio. Por que não escolher outra data para que se torne feriado municipal nos anos seguintes?

Anônimo disse...

Também ouvi falar desse protesto, e sugiro que nao seja no 13 de maio. A prefeitura vai estar fechada nesse dia. E tb é dia que muita gente trabalha. Melhor seria dia de semana. Alias é otima essa ideia. Eu que votei em nilsinho topo participar dessa manifestação.
O municipio tá parado e se agente continuar omisso essa admistraçao nao estará nem ai pro coletivo.
Sugiro ao pipa tv fazer uma matéria sobre o assunto pois tem gente interessado em saber do assunto.
Apenas sugiro que seja num dia de semana.
obrigado

Anônimo disse...

Enfim a internet mostra seu lado de cosolidadora da democracia. As pessoas entao na net mostrando sua insatisfaçao. Vamos todos sair dessa passividade terrível e começar a lutar pelos nossos direitos. Meu sobrinho vai tress vezes por semana na escola e fica dois em casa. É tanta reuniao pra chegar em lugar nenhum. Só pra não ter aula mesmo.
O interesse coletivo é de um municipio justo, com pessoas que trabalhem. Estou muito decepicionada com o rumo anti social do municipio. Está na hora dos socialistas fazerem um panelaço contra essa prefeitura que fala que pensa no povo e age pensando neles.
Vamos fazer um protesto.
Concordo com um dos colegas. A gente nao sair na rua dizendo asneiras. Então por que nao discutir pela net as calamidades que estão de vez no municipio. fatos é o que nao falta. Falta a gente lutar pelos nosso direitos.
E tb acho que tem que ser no dia de semana.

Anônimo disse...

dexa de bestage. Protesto pra que? pra se queimar com nilsinho. Pois digo que é tudo um bando de besta quem qué faze protesto. Só quem qué se queima.

Anônimo disse...

Eu topo,vamo cai pra dentro.

Anônimo disse...

esse problema com esses hippies aqui em pipa ta muito serio. a praca ta uma sujeira, os turistas nem param mais na mesma.e quando param muitas vezes ate para tirar foto com o pescador, sao logo abordados por esses seres sujos, bebados e mal educados. e pior essa policia da qui e muito relapsa, nao faz nada. vez por outra eles comecam a brigar, bater em suas companheiras e a policia e chamada mais so aparece horas depois que a briga tem terminado. meu deus tudo no municipio e de má qualidade, principalmente a policia! dizem que o prefeito e muito amigo do tenente elias, entao por que nao se utiliza dessa amizade e bota esse homem para agir, para fazer o trabalho dele,pois ta tudo dominado mais e pelos bandidos.

Anônimo disse...

porque seria "bestage" protesto? Acho que é legitimo sim. Estamos numa democracia. E um povo unido é mais dificil de se enrolar. Mas o problema é que somos muito acomodados, e deixamos os outros fazerem (ou deixar de fazer) o que é de interesse da comunidade.
É bom se manifestar pra verem que a sociedade civil tá se unindo
Sociedade civil forte = democracia.

Anônimo disse...

Eu concordo com o protesto, o que eu não acredito é ter que ler que quem fizer protesto vai ser queimar com o Nilsinho.
Quem tá queimado é o NIlsinho home, deixa de falar besteira.
Com certeza essa pessoa que escreveu isso deve estar ganhando um salario da prefeitura.
PROTESTO JÁ!!!!

Anônimo disse...

Os comentários saíram do foco, que são os hippes na praça,sou da associação dos artesãos da Praia de Pipa, ASSAP, que funciona embaixo da praça, convocamos uma reunião na primeira semana de janeiro com a secretária de Turismo e o prefeito que não compareceu, enviando seu filho e Emanuel da tributação. Solicitamos uma vistoria que foi feita nesta mesma noite, Emanuel, Cristina e Pedro Neto... e assim passou o verão, o carnaval e logo chegaremos a semana santa e nada foi feito. Aliás o que fizeram foi colocar umas plantas de forma amadora, sob a coodenação de Macena que mostrou mais uma vez que não entende nada de paisagismo. Heber diz que papai não deixa tirar os hippes, Emanuel quer cobrar alvará da associação, a secretária sempre viajando e Pedro Neto não precisa nem comentar todos estamos vendo a qualidade da limpeza da cidade. Penso que talvez deveriamos chamar Gaspar, secretário do Meio Ambiente, que tem um terreno ao lado, onde forma-se um lixão permanente... Enquanto ninguem toma uma atitude a associação amarga o maior prejuízo de sua historia pois a concorrência é desleal e não dá pra concorrer com hippies melhor possicionados que nos embaixo da ponte. Marcaremos outra reunião pois precisamos ter uma solução, fomos informados que os hippies querem formar uma associação e se estabelecerem no local porque estão ganhando bem na nova feirinha que formaram, com eles na praça fica mais evidente o apoio ao tráfico, a sujeira, ao lixo, a poluição visual, a falta de ação do poder público. UMA VERGONHA!!!
Quanto a manifestação... já tá mais do que na hora de mostrarmos que não estamos satisfeitos com a MUDANÇA que foi prometida.
O povo foi traído e enganado... se não sabem trabalhar... IMPEACHMENT!!!

barbara disse...

Concordo plenamente com o anonimo acima. Os artesoes da ASSAP lutaram tanto por ter um espaco digno só pra ser derrotados por um bando de traficantes fedorentos tomando conta da praca e da rua. Nao sei de quem é a culpa, mas nao é tarde demais para tirar esses e todos os outros clandestinos que atuam no municipio. Agora regularizar-los é o fim da picada.

Está na hora de nós pensarmos seriamente sobre um nome para prefeito ou prefeita em 2012. Tem que ser alguem de competencia administrativa, sem rabo preso com partido politico, que entende de turismo , que tem carisma e por fim ter dinheiro proprio suficiente pra nao se beneficiar do cargo ou levantar suspeitas.

Anônimo disse...

o Prefeito é um pouco o reflexo do seu povo. Se o povo é omisso o que esperar do prefeito então. A verdade é que a sociedade tibauense é desorganizada e desarticulada.
Enquanto isso fiquem reclamando um pros outros. O fato e que não fazemos nada.
Escrevam o que falo: a cidade vai continuar um lixo e todos ficaram vendo o bonde passar.

Anônimo disse...

a praca de pipa tornou-se uma favela a ceu aberto! o comercio de drogas e feito ali mesmo e a qual quer hora, na presença de idosos, criancas que ali estao a conversar, a brincar. e o pior e que a policia passa pra cima e pra baixo e nem se quer encosta para ver se pelo menos intimida os hippies.estamos a merce do trafico, da violencia, dos assaltos e o municipio entregue as baratas, e ninguem faz nada! nemhuma providencia e chamada.nao esperamos contar com esse prefeito, e muito menos com secretarios da estirpe de gaspar,pois são completos desastres ambulantes.gente aqui vai uma dica, por que nao chamar a imprensa para e denunciar os absurdos que aqui se passam, imagine que bela imagem em rede nacional, os hippies todos amontoados na praca exercendo tal comercio ilicito.talvez assim esse prefeito de meia tigela acorde, ou resolva passar o cargo adiante.

Anônimo disse...

O prefeito tá se lixando pro que nos pensamos. O coletivo nao é a prioridade, apenas veja o quadro de funcionarios da prefeitura. Os hippies vao continuar ali, assim como o prefeito. Então porque não nos unir todos para o dia de protesto. Fazer um panelaço em manisfestaçao. A gente nao sera ouvido e nem respeitado. A nao ser que essa sociedade resolva ser organizar e lutar pelos seu direitos legitimos.
Temos direito de uma cidade limpa, sem lixo em tudo em qualquer canto, temos o direito de ver o artesões respeitados e nao submetidos a concorrencia dos hippies, as crianças tem direito de ter aulas todos dias, os cidadaos tem o direito de ter acesso a prestaçao de contas do dinheiro público municipal, temos o direito de ter uma saude de qualidade.
Então pergunto: a comunidade de tibau está tendo seus direitos respeitados? O dinheiro público está sendo bem gerido? o Prefeito tem dado ouvido para as reividicaçoes da comunidade. Ele tem buscado recursos pra esse municipio?
Pelo contrário, aqueles que tem opinioes diferentes são chamados de cretinos (outras palavras fulas tb) como sempre é feito no outro blog desta cidade. Como se fosse proibido pensar. Mas como diria chico "apesar de vc, amanha há de ser outro dia". Porém quem fará o dia amanhecer melhor somos nós, deixar que poucos tomem o destino da maioria é dar o poder aqueles que nao nos respeitam.
Então alguém diga o dia do protesto que estarei lá. Vamos fazer diferente na historia desta cidade. Tenho certeza que isso será um divisor de aguas. Os únicos que podem fazer com que nos respeitem somos nós mesmo. Ou como diria Carlos Gomes "Deixemos a cretinice" e vamos lutar a favor da sociedade. Direito é uma questao de luta. Respeito é uma questao de honra.
abraços a todos

Anônimo disse...

Quem está organizando? quando? aonde? como?

Anônimo disse...

É o pessoal da feira ue tá organinzando?

Anônimo disse...

Eu também quero saber o dia,e espero que seja o mais rápido possível,não sei ate quando esta cidade aguenta toda esta desordem, todo este caos que se instalou no município.
Vamos nos organizar e mostrar que não somos indolentes e capachos,vamos mostrar que sabemos cobrar os nossos direitos.
DESOBEDIÊNCIA CIVIL JÁ.
Vamos parar de pagar impostos, que só servem para enriquecer essa "EQUIPE" que esta no poder.
vamos sair as ruas e protestar todos juntos, os artesãos,os pais de alunos,os comerciantes,os donos de hotels e pousadas,os alternativos ,os taxistas,os nativos,os não nativos moradores de Tibau do Sul,em fim "TODOS" os inconformados com esta situação.

Anônimo disse...

quero participar desse protesto. quando e onde será? vamos para frente da prefeitura em um dia de semana, mostrar aquele incompetente que nao somos idiotas e queremos nossos direito respeitados e assegurados. vamos mostrar que dessa vez nao deixaremos que as coisas tome o mesmo rumo ,da epoca do valmir.epoca que vimos o municipio se acabar e ficamos todos calados, vamos salvar o pouco que ainda resta desse paraiso.

Anônimo disse...

Sugiro que se escolha um dia da semana para se reunir na praça da Pipa para começar a discutir a forma de se organizar.

22/03/2010
as 10:00hs

Quem achar que a data e certa para o encontro que se manifeste em este Blog.

"Avante que a batalha e nossa".

Anônimo disse...

Achei a data excelente, agora precisamos elaborar um convite para toda a comunidade, colocar no orkut, por e-mail, sei lá temos que pensar uma forma de divulgar o dia 22/03 as 10hs na praça da Pipa.
Vamos enviar para as organizações, ECA 13, FORUM DA PIPA, SITES, ETC.
Alguem tem mais sugestões?

Pipense disse...

Alô Carlos Gomes? Tá prestando atenção em como o pessoal tá ficando irado? É gente que já foi ou ainda é Valmir, é gente que foi ou ainda é Nilsinho e é gente que detesta política. A pasmaceira que é a administração Nilsinho está levando os cidadãos ao delírio furioso. Você ainda acha que vai ser uma administração belíssima? Alegria de palhaço é ver o circo pegar fogo...

Anônimo disse...

Não seria melhor fazer essa reuniao a noite?

Anônimo disse...

Concordo com uns dos colegas em quase tudo. Mas não acho que devemos agir com DESOBEDIÊNCIA CIVIL. Não seria inteligente. Pelo contrário. O ato de protestar é um ato de CONSCIÊNCIA CIVIL. Mas de forma pacífica e baseada nos fatos e argumentos.
Reivindicar direitos, é uma manisfetação de que queremos participar do processo democrático e não apenas deixar que governantes façam o que bem entendem com o dinheiro, que é público. Já há exemplos e motivos suficientes desta gestão de que há compromisso apenas com os interesses de uma determinada classe e não ao povo desta cidade.
Quem não quer se submeter a esse modelo pseudo avançado é tratado como "CRETINO". Veja o site de Carlos Gomes. São "CRETINOS" aqueles que não bajulam o prefeito e sua equipe pseudo unida.
Este "TIME AVANÇADO" está levando a cidade a afundar. E tirá-la do fundo será muito mais doloroso do que se agirmos agora.
Vamos realmente avançar em nossa mentalidade e começar a participár de vez do processo de construção da cidade e participar da mudança que tantos queremos.
Quem apostou na mudança , como eu, vê o seu desejo de sociedade democraticamente justa se perder em velhos vícios de forma mais catastrófica que antes (por mais difícil que seja de aceitar). Não devemos aceitar ser chamados de "CRETINOS" calados e vê-los não gerir o bem público de maneira alheia.
Devemos fazer um proteso sim. Mas de forma pacífica e sem descambar pra baixaria. Este protesto será um indicativo de que algo no coração do povo está mudando, além de ser um recado pra qualquer outro administrador que futuramente esteja a frente do executivo da cidade.
Os fatos estão do nosso lado e está na hora desta sociedade civil mostrar se realmente quer mundança ou se aceitará pacificamente a cidade afundar sem que a gente não faça nada.
Boa a idéia de divulgar pelo orkut, e-mail e tantos outros meios. Até porque as vezes tenho a impressão que pouquíssimas pessoas acessam estes sites. Também achei boa a idéia de se fazer um matéria sobre este assunto neste blog como já foi sugerido em outro post. É só ver o tanto de comentário que este assunto gerou.
Paulo

Anônimo disse...

Como é que você querem organizar uma manifestação pública se nem ao menos se identificam? Quem vai coordenar os debates? Será que você conhecem mesmo os problemas da cidade ou só querem ver o circo pegar fogo, como o cara da "Desobediência Civil" (vai ver que nem leu o livro e nem mesmo ouviu falar do autor).

Eu não vou participar. Não tenho nada a reclamar. Ganho meu salário sem fazer nada porque sou um total incompetente, como todos no meu setor. "Trabalho" só um dia na semana (com um sálário igual ao salário do mês inteiro de dez manéis) e se deus quiser ainda vou entrar no esquema para fazer meu pé-de-meia, afinal, restam apenas dois anos e meio e até agora não ganhei nada.

Anônimo disse...

Estou vendo que o negócio tá quente. Mas entendo que esse protesto ainda está um pouco dividido pelo que li. Há os que querem protestar porque sao partidarios de valmir e os que não sao valmir mas se decepcionaram com nilsinho. Eu já imaginava que nilsinho ia ser isso. Ele nao ganhou por ser uma liderança da cidade, mas porque era a unica alternativa de mudança. Então votamos em alguem que não tem liderança nenhuma para nao se alinhar a valmir. Nilsinho nao fez nada enquanto foi vereador. Nao fez projeto algum durante todos os anos como vereador. Como prefeito quem acha que ele vai mudar? Quem manda nãp é ele, e sim alguns secretarios. Não se deve ´so colocar a culpa em nilsinho, mas os secretários (principalmente social e saude) são os que tem o maior interesse de desestabilizar figura de nilsinho.o povo do somos saude é todo desconfiado em quem é a favor de quem. Quer apostar? (converse com alguem que participa e pergunte a eles o que acham que o secretário tá querendo, eu mesmo nem vou dizer)tirem vc s a dúvida. Como o prefeito não tem liderança as coisas estao do jeito que estao, o que eu considero pior que antes.
Uma coisa é real: está aberto na cidade um espaço para um novo lider, só falta ele aparecer.
Cade vc farmacia? vc nao falava tanto? Acho que é tu que tá organizando essa passeata. Ou outro desapontado qualquer. Mas que a ideia é boa nao vou negar.

Editor Chefe disse...

Para começar, sugiro a todos a leitura deste post publicado hoje no blog Avança Tibau do Sul: Gabinete de Rua: Transparência, Participação e Cidadania.
Se Carlos Gomes conseguisse fazer o mesmo aqui na Pipa (e no resto do município, também), então junto aos problemas, surgiriam as soluções.
As mudanças políticas e sociais, na democracia, não acontecem de um dia pro outro. Precisamos acompanhar o trabalho dos "administradores da mudança" para conseguir alcançar os objetivos propostos. Precisamos identificar as falhas para melhorar as coisas. Precisamos ter um pouco de paciência e de atitude.
Apenas criticar tudo e todos é completamente inútil!

Quanto à manifestação, até agora não li que comentários de anônimos sobre o assunto; agora há pouco alguém assinou sua opinião, mas não conheço pessoalmente o sr. Paulo.
Quem são afinal os organizadores dessa manifestação?
As pessoas que já organizaram passeatas e protestos varios na Pipa, como Barbara, Jack, Márcia e outros, por quanto eu saiba, não escreveram nem falaram nada sobre este assunto.
Vou esperar que alguém se manifeste publicamente...

Editor Chefe disse...

Sem sair do tema do post, o sr. Carlos Gomes poderia nos explicar qual é a posição da Prefeitura em relação à ocupação da praça da Pipa por parte desses hippies?

Anônimo disse...

Sr editor chefe
A unica posição cabível neste caso e a constante fiscalização.
O que a meu ver acontece ,e que a Prefeitura não conta com uma equipe de fiscais que saibam tomar conta do recado. Vc. deve ter percebido que todos eles são crianças não aptas para a função que exercem.
Foi realizado em 2007 concurso para guarda municipal e não foram convocados.
Esse trabalho é para ser feito de forma constante e por pessoas que imponham respeito.
Se não for desta maneira não adianta insistir

Anônimo disse...

Alguém disse que devemos parar de pagar impostos. Ninguém mais está pagando. Todo mundo já sabe disso. Carlos Gomes deveria publicar no Avança Tibau do Sul o email que recebeu do engenheiro Roberto José, ou o próprio Roberto poderia publicar no blog dele. Está lá no email que a arrecadação de impostos de janeiro e fevereiro de 2010 foi menos de dez por cento do valor do mesmo período de 2008, por isso carlos deveria deixar de ser tão otimista porque se o prefeito não fizer nada a receita deste ano vai ser menor do que a do ano passado que já foi muito baixa. Só que o prefeito contratou um amigo da igreja dele para dizer o óbvio. Aí em vez de contratar mais fiscais, ele paga ao amigo e, quem sabe, leva uma comissão.

Anônimo disse...

passei e vi nilsinho com a mão estirada para foto onde os projetos de chalés e apt do chapadão cabiam na palma da mão!!maravilha!!grandes mudanças!!

Anônimo disse...

O Anônimo do dia 20/03 as 00:18, diz que não foi Barbara, Jack ou Marcia, que promoveu esta Manifestação, e eu tenho a curiosidade de saber onde foi parar o NEP, se bem me lembro Marcia dizia que (com Nilsinho no poder) eles agora o NEP iria mostrar o que era trabalho.
E eu realmente não vi nenhuma ação ou reivindicação por partes deles neste mandato e todos sabemos que esta Gestão esta deixando muito a desejar, cadê todo aquele discurso do meio ambiente, do lixo, das construções irregulares e etc....
Realmente eu gostaria de tirar estas duvidas,por que se não continuarei pensando que até eles são iguais e com pactuam com o que esta acontecendo no nosso Municipio.

barbara disse...

Prezado Anonimo da 16:49
nao posso falar de Jack nem de Marcia, só sei de mim e te digo e a todos os outros "anonimos" saiem deste anonimato e mostrem coragem civil. Tomem atitudes,denunciam, se dao o trabalho de chamar um jornalista ou se deslocam pra Natal pra falar com autoridades do governo.
Nao precisa esperar pra ninguem, se cada um exerce seu dever de citadao, mas principalmente saindo do comodismo e lutar para seus direitos essa cidade seria outra.
E pra te dar satisfacao te digo que eu estou cansada de colocar minha cara as tapas,lutando sozinha. Suspeito que Marcia e Jack,lutadores da velha guarda, se sentem igualmente frustrados.
Talvez está na hora de voce fazer sua parte......

Anônimo disse...

Carlos Gomes anunciou no blog ATS que houve hoje uma reunião dos representantes dos artesãos da Pipa com o prefeito e alguns secretários municipais, mas disse e não disse nada.
Se alguém dos artesãos presentes à reunião quiser nos esclarecer o ponto da situação, desde já a Pipa agradece!

Carlos Gomes disse...

Olá amigos!
Não adianta perdermos tempo com conjecturas...precisamos avançar...a reunião com os artesãos foi feita para ouví-los e ajudá-los na melhor estrutura de sua localização...melhorar a iluminação, a estética do local da feirinha e etc....em relação à feira dos hippies as providências estão sendo tomadas, com bom senso...e atenção às leis municipais...
Abraços

Anônimo disse...

Oi Barbara eu ate concordo que voce esteja cansada de dar a cara a tapa, como muitos, mas isso não justifica a falta de responsabilidade que cada um tem com sua parte, afinal, a NEP representanto por pessoas tão especiais, que sempre lutaram pelo municipio foi nitidamente partidário durante a campanha do Nilsinho deveria sim estar fazendo o que sempre fez, até com mais afinco, afinal, eles sempre chamaram a imprensa, faziam manisfestações para pressionar a antiga gestão, por que então não fazem o mesmo, estão tão caladinhos, o Mangal sumiu, a Marcia tambem, é mais fácil desistir e dizer que estão cansados.
Isso para mim é prova real da covardia e despreparo.
Todas as Associações aqui no municipio deveriam se unir para ajudar a melhorar, de forma organizada, inteligente.
Estão fazendo o que querem na Prefeitura, veja um comentário do colega de cima, quando diz que trabalha um vez por semana e recebe pelo mes todo.
Isso é fato, tem varios que recebem sem trabalhar, mas pior do que isso é ficar na defensiva dizendo que estão cansados, veja bem o que aconteceu, os representantes que sempre se manisfestaram estão saindo de campo, desistiram do conselho comunitario da cidade, o NEP sumiu, a EDUCAPIPA tem rabo preso, a AMAPIPA ninguem da credibilidade diante das atitudes do próprio presidente que não se da exemplo. O NEP era 12,12,12....a Lusana e Magui do Conselho comunitario, o Eder foram até comitê do Nilsinho, lutaram por ele...agora deveriam estar na frente da situação, são responsáveis de frente que tomaram as costas e agora estão deixando a comunidade e a situação irem para agua baixo, todos se fecharam em suas casas, e agora vão ficar na surdina?
Isso é uma atitude nobre? Onde?
Eles deveriam sim tomar frente da manisfestação, sempre tiveram o nosso apoio, sempre participamos de suas ações. Sinto muito Barbara, mas sair do anonimato não adianta nada, pelo contrário gera persiguição, podemos todos juntos com os lideres que sempre confiamos melhorar a situação, afinal, a função verdadeiramente de uma organização é essa, o NEP precionava tanto o antigo gestor, quero ver eles agindo na frente dessa situação, talvez até seja a oportunidade de eles ganharem créditos e ajuda não vai faltar. Ninguem esta falando para a Marcia, Mangal ou fulano de tal dar a cara para bater, mas associação em si são vários representante, e todos unidos pode se conseguir alguma coisa.

Anônimo disse...

Avancemos sim, Carlos Gomes...
Mas por que lado?
A gente não está entendendo o caminho dessas mudanças...

Anônimo disse...

Segue uma matéria que deve ter sido pouco lida no Blog Diario de Pipa, acho que casa bem com o comentário que foi feito anteriormente a uma resposta para a Sra Barbara.

A dissolução do Conselho Comunitário da Praia de Pipa foi o assunto de destaque nos blogs de Tibau do Sul na semana passada, no rastro da desfiliação de alguns integrantes do PT. A falta de recursos humanos e de apoio político está entre as justificativas apontadas pelos dirigentes da entidade para o enceramento das atividades, depois de “concluída em profunda análise a total impossibilidade de continuação da referida instituição”, conforme a carta aberta a Tibau do Sul. Há de se lamentar a atitude dos membros do CCPP por desconsiderar o esforço que muitos outros colaboradores tiveram para manter a instituição.

Art. 4º ...[exige-se que] as pessoas jurídicas interessadas [na qualificação como Oscip] sejam regidas por estatutos, cujas normas expressamente disponham sobre:

I. a observância dos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade e da eficiência;
A carta informa que o CCPP mantinha representante em cinco conselhos: Conselho Municipal de Turismo – COMTUR, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente – CMOC, Parque Estadual da Praia da Pipa - Grupo Gestor do PEMP, Conselho Gestor do Projeto Orla e Conselho Gestor da Reserva Fauna Costeira de Tibau do Sul – REFAUTS. Ora, uma entidade com tamanha representatividade, com uma estrutura pronta, com uma atuação reconhecida pela comunidade não pode se permitir encerrar suas atividades simplesmente porque alguns poucos membros se afastaram. Isso vai de encontro ao princípio da impessoalidade do artigo 4º da Lei das Oscip que, acredito, deveria ser obedecido por todas as organizações da sociedade civil, qualificadas como Oscip, ou não, caso do CCPP.
Quando ingressei no serviço público tive de deixar a presidência da Oscip que havia ajudado a fundar. Para isso foram realizadas diversas assembleias até a definição da nova diretoria, uma vez que, como no caso do CCPP, houve a renúncia do vice-presidente. Levamos em consideração que o processo de certificação é demorado e exige muito trabalho, por isso optamos por aguardar até que houvesse a conscientização de todos os membros. O CCPP pouparia o esforço dos interessados em dar continuidade aos trabalhos se convocasse a comunidade de Pipa para que ela assumisse o controle do Conselho.

A falta de apoio político – ou apoio econômico do Estado - alegada na carta é lamentável, mas não deve ser apontada como motivo para a decisão do CCPP. A busca de parcerias é indispensável para a manutenção das entidades no Terceiro Setor, no entanto, nenhuma instituição se mantém com apenas um parceiro. Caberia então ao CCPP buscar apoio em outras instituições.

O CCPP e as outras ONGs de Pipa deveriam conscientizar o poder público da importância do Terceiro Setor na economia. Tomemos duas entidades como exemplo: a EDUCAPIPA e a FUNDAÇÃO HÉLIO GALVÃO. A EMPROTUR destinou à EDUCAPIPA, que deveria servir de modelo de gestão para as demais, 60 mil reais para a realização do 6° Festival Gastronômico de Pipa (Processo nº 164821/2009-2 – EMPROTUR) e a FUNDAÇÃO HÉLIO GALVÃO firmou convênio (CONVÊNIO Nº 107/09) com a Secretaria de Estado de Educação e da Cultura – SEEC no valor de 208 mil reais para “difundir a literatura através de debates com os escritores mais lidos do Brasil e colocando Tibau do Sul no circuito das cidades brasileiras que promovem eventos literários. Também pretende promover uma discussão sobre as correntes literárias da atualidade”. Hoje, o Festival Gastronômico é o principal evento realizado na cidade e o 1º FLIPA Festival Literário da Praia de Pipa segue no mesmo caminho.

Antes de tomar a decisão de encerrar suas atividades, o CCPP deveria ter consultado as entidades citadas para aprender com seus dirigentes.



Postado por Roberto José da Silva às 00:09
Marcadores: oscip, terceiro setor

Carlos Gomes disse...

Olá amigo!

Deixe de ser incoerente...e pessimista...o município está caminhando...estamos agindo...e vamos agir cada vez mais já neste semestre...
Visite http://avancatibaudosul.blogspot.com/2010/03/participacao-de-tibau-do-sul-em-feira.html
Deixe o pessimismo de lado...
Abraços

Editor Chefe disse...

Obs. Divulguei o link para esta matéria de Roberto José da Silva quando foi publicada no setembro de 2009.

barbara disse...

Observo uma coisa interessante em comentarios sobre algumas associacoes de Pipa. Parece que as pessoas confundem as associacoes com seus membros e diretores. Uma organizacao ou associacao nao é feita de uma ou duas figuras, mas de um conjunto de pessoas com os mesmos interesses ou ideologias.
Para manter uma associacao durar e crescer todos integrantes precisam de engajamento, involvimento e comprometimento com a causa . Se fica pra um ou dois levantar bandeira e na hora do H a sociedade ou os afiliados virar as costas acontece que houve com o NEP, o CONSELHO COMUNITARIO e a ASHTEP.
Amigos anonimos e espectadores em cima do muro nao querem que um ou dois dao seu sangue para voces e depois vem chorando.

Vao a luta e tomam iniciativas.
Se juntem ao NEP, convoquem reunioes, reativam a ASHTEP.
Talvez sentindo voces se involver de verdade, os lideres de antes voltam a lutar em conjunto.
O que Pipa precisa é gente com ATITUDE. De acomodados falando asneiras já tem demais.

Anônimo disse...

A cidade está avançando? Meu Deus! Quanta sem nozaozisse. Será que se está falando desta cidade ou outra? Saúde tá do jeito que tá. E digo mais, a prefeitura mal funciona dia de semana. Só até uma hora. E as secretarias? Muitas vezes funcionam no horário que eles determinam. E as casa das famílias? Só até uma hora e nem é todo dia que vai até esse horário. Com o consentimento de Andre. Recentetmente visitei o sitio do Ministério do Desnvolvimento Social e lá consta que programa casa das familias deve funcionar durante todo horário comercial. Isto é lei. Passem lá depois da uma e veja se está sendo cumprido está determinação. Não seria isso improbidade administrativa? Uma espécie de funcionalismo semi-fantasma.
Quem votou em Nilsinho, fez isso na esperança de mudar o jeito que a cidade era gerida e não pra ver as coisas piorando.
Agora realmente desanima ver pessoas alinhadas que não falam a verdade. Espero honestamente que esse povo se mobiliize mesmo. A cidade perdendo arrecadação já é motivo pra protesto. O Avanço da cidade rumo as drogas é motivo pra protesto. A saude, o social, a educaçao, as obras, o meio ambiente e o turismo até agora não firmaram e nao trouxeram um recurso. Isso mesmo, nenhum convênio federal. Ao contrário, estão perdendo os convênios que a cidade tem. Talvez a senhora barbara tenha razão, somos "acomodados falando asneiras". E isso mostra o acômodo e a decpeção das atitudes das associações. Dois pesos pesos, duas medidas. O fato é que a proposição de mudar a gestão foi um verdaddeiro fracasso do qual vcs participaram ativamente, mas agora estão quietinhos e desmoralizados com essa gestão que piorou a vida da maioria. Isso mesmo dona barbára entregue tb sua parcela de culpa aos que falam asneiras, aos acomodados como vc. Agora a cidade também tá desse jeito pela atitude de vcs que convenceram centenas de pessoas a mudar o norte político de tibau. Porque agora fogem da responsabilidade? O fracasso está posto. E o silêncio de antigos agitadores tb me envergonham de me fazer comprar a opinião de tolos, não porque queriam mudanças, mas porque hoje são verdadeiros omissos incapazes de adimitir que a proposta foi uma furada. Então fiquem com suas atitudes. O crédito de vcs tb vem junto com suas ações.
Enquanto isso, sou apenas mais um tolo que votou errado, que acreditou em pessoas erradas que pareciam ser ativistas de causas nobres. Como fui idiota. Essa é minha vida: trabalhar oito horas pra pousada (12 na prática) e receber um salário mais ou menos e ainda ver a cidade afundar com tanta má gestão e tanta desorganizaçao desses associações.
Essa é minha culpa. Em quem que eu fui acreditar. Vcs me pareciam sensatos.
Desculpe o desabafo, mas assim que me sinto. Um tolo que vê ser jogado a culpa por ações de pessoas que não existem mais.

LUZANA disse...

Caro sr.Roberto José da Silva, em resposta a sua citação ao meu nome e da instituição que fundei em 2005respondo como forma de exclarecimento ao seu jugamento em relação a atitude tomada pela direção executiva do CCPP em assembléia.
1º o CCPP não era uma OSCIP (organização da sociedade civil de interesse público), era um conselho, e com tal teve a função de fortalecer, dar voz e voto as associações existentes no município, além de ter desenvolvido trabalhos sociais, deixou como obra permanente a construção da escola Domitila Castelo, adotada pelo governo Valmir como obra municipal. Encontramos a maioria das associações desregularizadas e apoiamos suas regularizações para que tivessemos força como instituições. O motivo da falência das associações e do CCPP foi exclarecida em nossa carta aberta a comunidade. Ao contrário do que sr. pensa estive sozinha em muitos momentos pois as pessoas querem os cargos mas na hora de trabalhar ou ter que pagar do próprio bolso para participar de reuniões, não encontramos presidentes, nem secretários nem tesoureiros e quem tem o comprometimento acaba esgotado por acumular funções. Sinceramente não sei onde estavam os inúmeros colaboradores que o sr. cita, pois nem a própria comunidade reconhecia o que fazia-se por ela.
Após o anúcio de sua dissolvição um grupo de nativos liderados por Teles da Pousada da ladeira, os filhos de Luiz do peixe e Barbosinha, se reuniram para retomá-lo. Isso já faz 6 meses e nunca tomaram uma atitude, parece que não sabem nem fazer um edital. Meu último compromisso será a declaração do imposto de renda do presidente relativo ao exercício 2009, e assim encerrarei por completo minha participação no CCPP.
Discordo do sr. quando acha que devemos conscientizar o poder publico, este é que deve ter a conciência de valorizar e fortalecer as instituições pois em mais de um ano de administração, ainda não tivemos notícias dos conselhos municipais funcionando e para as reuniões só são chamados ASTHEP, EDUCAPIPA E AMAPIPA, este último colocou em sua direção um membro de cada associação local para anular o poder do CCPP.
Veja como é difícil trabalhar neste lugar. Acredito que o sr. deve ser novo por aqui e que não acompanhou nossa luta nos últimos 10 anos. Tudo que implantamos com toda dificuldade vimos perder o valor nesta nova administração que apoiamos e pela qual lutamos em duas campanhas políticas.
A luta pelo social em terra de cegos é inglória, um constroe para 10 destruir.
Não é da sua conta mas vou lhe dizer... desde que deixei a vida pública, minha vida melhorou 100%, voltei a estudar, passei na UFRN para turismo e estou viciada em cursos à distancia pelo computador.
Portanto peço que antes de tecer sua opinião pelos acontecimentos locais os quais o sr. não participou, procure se informar melhor para não julgar as pessoas e as instituições errado. O Festival Gastrônomico e o FLIPA tem tanta coisa escondida que o sr. nem imagina,nem me cabe exclarecer.
Passe bem!

barbara disse...

Prezado Anonimo,

o voto é secreto, como vc sabe em que eu votei ou se eu votei?
Isso tampouco interessa e nao vou me justificar para uma pessoa que nao tem coragem de aparecer.
A maioria venceu,contra minha vontade pessoal, mas uma democracia é assim mesmo.
Agora nao entendo porque voce se lamenta tanto? Em vez disso porque nao investir sua energia em uma acao positiva?
Eu nao sou mais presidente de nada,mas nao parei de denunciar e reclamar as coisas erradas por aqui. Porque isso é nosso dever.
Ajudar em vez de lamentar.

Pipense disse...

Faço minhas as palavras de Luzana, mulher guerreira, corajosa e séria, que dedicou muitos anos de sua vida à inglória luta pela qualidade de vida nesta Pipa invadida, dominada pelos ignorantes e abandonada pelos que tem medo de dar a cara para bater contra os donos do poder. A luta social custa caro e é por isso que tanta gente reclama mas não tem coragem de ir à uma simples reunião. Façam uma reunião para reclamar dos administradores incompetentes e vejam como não aparece quase ninguém além dos picaretas que sempre estão tentando tomar o poder para mostrar-se incompetentes também, quando chegam lá. Entendo o medo dos "anônimos", pois a reação dos poderosos é sempre violenta. Fico triste de ver que Pipa está entregue a dois tipos de gente: os incompetentes no poder, os anônimos que só reclamam e os alienados que se lixam para tudo. Viva Luzana por seus muitos anos dedicados à Pipa! Sou seu fã! Quando estiver descansada da guerra, volte outra vez, você faz falta e é muito respeitada! Já Mangal, Bárbara e Márcia do NEP, depois de serem várias vezes ameaçados e até espancado (Mangal) por um cretino natalense, estão com as barbas de molho e preferem ver outra geração levar a briga adiante. Quem poderá criticá-los por isso? Já não mostraram o caminho e se arriscaram tanto por nós?
Ah! E em relação ao Farmácia, que muita gente não votou nele porque seria "doidinho", fiquem sabendo que pelo menos é um homem viajado, de caráter e visão, que se ganhasse como prefeito estaria aberto a criticas e não como este que está aí com medo de ser prefeito. E foi o partido do Sr. Carlos Gomes que o impediu de ser candidato a prefeito pois coligou-se com Nilsinho e deixou apenas a possibilidade de Farmácia candidatar-se a vereador, e eu votei nele! Na pior das hipóteses é um homem viajado e social, o que não se pode dizer do simplório que ganhou a eleição. Pobre Pipa!

Roberto José da Silva disse...

É bom saber que alguém lê o meu blog. Melhor ainda quando algo que escrevi há seis meses ainda é citado.

Luzana, em nenhum momento citei seu nome no meu blog. Reli várias vezes e até mesmo tentei localizar seu nome com meu computador, mas não encontrei. Mesmo assim, caso seu nome esteja lá, peço que me deculpe. Se tivesse tido a oportunidade de falar com você antes, talvez pudesse discutir alguns pontos que porventura não ficaram claro para você.E acho que foram muitos.

Carlos Gomes disse...

Muito coerente a resposta de Bárbara...
Não fiquemos reclamando o leite derramado...mostremos o que não está sendo feito...busquemos as soluções...

Anônimo disse...

Eu não entendo tanta desculpa desse povo, durante a eleição para prefeito todos tinham energia para brigar, Mangal, Luzana, Marcia. Ajudaram a colocar o cara no poder e agora que viram o tamanho da incompetencia alegam estar cansados. Brincadeirinha, só pode ser isso, quer dizer que agora vão abandonar o time no campo, agora que é momento de lutar, são amigos do Nilsinho, devem exigir que sejam recebidos e ouvidos.

Afinal eles forão grandes parceiros durante a campanha, não é?!
Quanto a Luzana, realmente uma grande pessoas, admirável, mas guerreiro que é guerreiro não desiste da batalha, mesmo porque ela tem acesso ao Nilsinho, são amigos, estiveram juntos no palanque. Antes eu presumo que era pior, porque com Valmir ela não tinha mora, era um calo no sapato dele, eu fico sem entender tanta contradição.
Enfim, os hippes sairão ou não da praça e vai ou não ter alguma mobilização.
Barbara, todos fazemos nossa parte, tenha certeza que muitas denuncias são feitas assim com a sua, para de ficar na defensiva e achando que a dona da razão, por favor!!!

Anônimo disse...

luzana, roberto da silva quis dizer que o conselho devia seguir os mesmos princípios que regem as oscips, seja lá o que isso for.

princípio da impessoalidade: voc~e fala como se o ccpp fosse sua propriedade, como de você fosse o conselho. e ele mostrou que o conselho não precisava ser dissolvido só porque você não queria mais ser presidente e estava saindo. bastava escolher um outro. Se barbosinha não sabia redigir um edital você poderia ensinar. outar coisa, parece que você morre de inveja das outras associações. porisso fala do fest gastronomico. ficou furiosa em saber que cláudio consegue recursos enquanto você não. acho que voc~e tentou incluir no orçamento uma verbazinha para o CCPP, mas não deu certo, né?

Anônimo disse...

Já então que esta disputa. Manifestem aqui que associações, ou instituiçoes, ou pessoas que estejam dispostas a fazer um movimento conjunto para melhoria da cidade. Para reivindicar e buscar transparencia da adm.
Sugiro levar caixa de som na praça de pipa. Mas antes quem são os que querem fazer essa reunião.
NEP? ASSociaçao dos artesões? educapipa? asthep? amapipa? e outras representações da sociedade civil, e as pessoas moradoras dessa cidade. Estas instituiçoes estão dispostas a fazer uma reuniao conjunta? Digam apenas sim ou não? Mas esta pergunta é vital de ser respondida.

Pipense que não perdeu a esperança disse...

Cinquenta comentários,isto me parece ser um record nunca antes visto.
A população esta decepcionada , sinto que agora estamos prontos para a grande mobilização.vamos todos reunir-nos na praça da pipa no dia que foi sugerido, vamos mostrar finalmente que não somos acomodados ,muristas e covardes como alguns nos acusam e juntos mudar a situação calamitosa que vivemos.

Anônimo disse...

gostaria de saber de onde vieram os recursos para construir a escola de luzana que valmir tomou. o ccpp prestou contas? de quem era o terreno? os empresários colaboram? com quanto?

Pipense disse...

Só um lembrete: usando a desculpa de que "era a única área disponível", a prefeitura destruiu um dos mais lindos bosques urbanos de Pipa para construir aquela escola feíssima. Digam o que quiserem, justifiquem com as necessidades de educação, mas nada esconde que dentro de 10 anos teremos vergonha de ter escolhido aquela linda mata raríssima no centro urbano para construir uma escola que poderia ser em qualquer outro lugar. BURROS! Salvem Pipa da especulação imobiliária e dos BURROS!!!

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo que diz que Luzana se achava dona do CCPP. Luzana fala da instituição que ela fundou em 2005. Se o CCPP é uma associação ou um conselho certamente havia outros fundadores. Ela quer fazer igual a AMAPIPA que se confunde com seu presidente. Se perguntarem a alguém do Piau ou umarri que fez o curso de instalações prediais quem foi atrás do curso dado pelo SENAI vão dizer que foi a associação de lá. Ninguém sabe os nomes das pessoas que realmente foram atrás, entre elas Roberto José. Toinho, o ídolo dele, sabia. Luzana, que ele também admira, não.

Anônimo disse...

A situação está já degenerando!
De novo, ontem, às 9,30 da noite, um grupinho de adolescentes comprou por 3reais um "baseado" dos hippies e foi fumar atrás do telão... ali na praça mesmo!
O vigia viu, mas não disse nada.
Já comentei isso com Pedro Neto, outro dia. Ele disse que ia tomar logo uma providencia para a coisa não acontecer mais.
???

LUZANA disse...

Caro(a), anônimo(a),das 22;58.

Realmente parece que sempre estamos cometendo erros de interpretação.
Concluíndo esse assunto CCPP, lhe informo que nos também tivemos verbas, a princípio foi minha floricultura que apoiou finaceiramente por quase um ano, em seguida recebemos um recurso do Minitério Público, com os quais pudemos andar independentemente, provocando Audiêcias Públicas, reuniões, plebiscito, custos em cartório, contador, xerox, arquivos, material de expediênte, computador, etc. Toda nossa prestação de contas foi feita para a juíza da Comarca de Goianinha, e temos todas as copias em meu escritório, a quem interessar ver. O difício não é captar os recursos mas geri-los, aplica-lo corretamente e responder por eles, tarefa que não quero mais assumir.
Nos faltou uma equipe com garra e uma assessoria jurídica, lutar sozinho ou com poucos aliados fica difícil contra a expeculação ou a malversação do dinheiro público.
Quando me refiro ao edital é mostrando que a turma não sabe nem por onde começar e o tamanho da responsabilidade que a entidade representa. Para mim foi muito triste essa decisão pois fui uma das fundadoras e assistimos com o nosso apoio ver uma escola sendo erguida, mas cadê os interessados a assumir o CCPP? eu ainda não vi.
Não tenho inveja de nenhuma associação, pois o CCPP tentou fortalecê-las e uni-las, só que aqui na Pipa isso é muito difícil. O festival Gastrônomico é um evento maravilhoso, só deveria ser repensado uma nova data, por exemplo no São João que é um período de baixa e atrairia pessoas ao município, como também dar mais apoio a cultura local. Quanto ao FLIPA, foi empurrado de cima para baixo, chegaram fechando ruas, prejudicando o comércio do entorno, sem participação municipal, criando uma amostra do atesanato potiguar sem convidar os artesãos locais e tudo feito ou mal feito de última hora. vamos esperar que o segundo seja melhor e que pelo menos a verba destinada a decoração e ao paisagismo sejam realmenta aplicadas, porque esse ano não foi não!
Portanto concluo repetindo que qualquer dúvida com relação ao CCPP estou a disposição para exclarecer. E que estar a frente desta instituição foi uma experiência muito valiosa e enriquecedora para minha vida.

Um abraço ao meu fã declarado no comentário acima, que tem razão quanto aos guerreiros que depois que descansam voltam à luta, pois foi só descansar um pouquinho e já estou Presidente da Associação dos Artesãos da feirinha ,onde vendo bonecas de pano, reivindicamos ao Prefeito e a Secretaria de Turismo uma providência imediata ao descaso que se apoderou da praça principal, como tambeém sugerimos a prefeitura alugar o terreno de Gaspar, onde forma-se um lixão ao lado da feira, para contruir um parque infantil para as crianças e colocar instrumentos de ginástica para os adultos, esses foram alguns dos pontos que discutimos na reunião com o poder público essa semana, alem de cobrar, pintura, manutenção, sinalização e uma solução para os hippies que nesse verão foram proibidos de entrar em vários destinos turisticos no nordeste mas encontraram as portas abertas em Pipa e até formaram uma feira paralela a nossa. Ficaram de tomar uma providência. Mais uma vez estamos fazendo a nossa parte, esperamos que eles cumpram a deles.

Adorei participar deste blog, parabéns ao editor chefe e equipe e aos que mesmo anônimos dão sua opinião.BJS. LUZANA .

Anônimo disse...

Amigo/a anônimo das 10:31

Vou tratar de resumir em poucas palavras a resposta para sua indagação.

Eram os idos de 2004 ou 2005 ,não consigo me lembrar agora,
Que em uma das tantas reuniões do Comtur, se faziam as costumeiras reclamações a Administração. A do dia era a indagação do destino que teria o dinheiro dos ajustes de conduta feitos no Ministério Publico .
Também se falava que era muito fácil para os donos de obras irregulares não cumprir com o disposto na Lei de uso e ocupação do solo e depois fazer ajuste de conduta para legaliza-las.
Foi proposto em essa reunião, em que Luzana não participou, que tais recursos fossem revertidos em beneficio da comunidade, como por exemplo: a construção de uma nova escola ,
Justamente em esse dia o Secretario de obras do Município tinha reunião agendada com o Promotor João Batista para tratar de um destes ajustes de conduta e foi passado para ele a sugestão proposta no COMTUR. Sugestão esta que agradou ao Secretario e levou para a reunião.
A partir deste ajuste, que foi com os donos do empreendimento Solar da Pipa, que a idéia da construção da escola começa a ser planejada.
Em um primeiro momento a tal escola ia ser construída ao lado do Ginásio da Pipa, mas por problemas de ordem técnica não foi possível .
Como se sabe, não existiam na época nem existem hoje,áreas publicas disponíveis na Pipa, por essa razão se decidiu fazer naquele terreno.

Pelo exposto não cabe dizer “A escola que Luzana conseguiu e que Valmir tomou” porque não foi no Conselho comunitário e sim no COMTUR que a idéia surgiu e foi
aceita pelo Secretario.
Com isto espero ter esclarecido as suas duvidas com relação a escola.

Anônimo disse...

Será que tá mudando algo na atitude. Pelo menos na net as pessoas estão saindo apatia. Mas ainda essa sociedade é muita desoganizada. Se os fatos que acontecem em tibau acontecesse em qualquer cidadezinha da Espanha, as pessoas já teriam ido pras ruas faz tempo.
Mas é assim mesmo, é um processo que nos temos que passar. Não estamos na Espanha e tenho certeza que muitos querem o melhor pra cidade, só falta entrar em consenso quanto a forma.
Parabéns a todos que se manifestam.

Pipense quase sem esperança disse...

E muito lamentável constatar que não existe no município "A CONSCIÊNCIA COLETIVA" Parece que dão mais valor a uma cama (apos domingo de zueira) que a participação de protesto.
Desta maneira que a maioria age , nada vai mudar, o comodismo impera.
Não resolve nada mandar postagens indignadas se nao existe mobilização.
Continuaremos assim ate quando?
A proxima proposta vai ser encomendar 10.000 tijolos e 100 sacos de cimennto para fazer um grande muro com muitas cadeiras no topo para acomodar a população da Pipa
Fuiiii

Pipense quase decepcionado disse...

Uai so
De repente todo mundo ficou mudo,
ou o editor chefe tirou ferias?
Kd. a chuva de comentários.
Acabou?
Ficou por isso mesmo?
Não vai ter reunião?
O muro vai ser construído mesmo ?
Se for assim to vendendo senha para reserva de cadeiras.
No fim ,esse trem tem que servir para alguma coisa, senão foi tempo perdido.

"ACOOOORDEM"

Anônimo disse...

proponha todos na praç da pipa as
20:00 DESTA SEXTA FEIRA
qUEM CONCORDA

Anônimo disse...

Entao,,,a praça nao serve mais pra crianças e nem pra ponto de encontro de gente legal e amiga ,,agora virou ponto de ripie fedidos e bebados .
Pau neles ,,temos que botar pra correr !Cadê as autoridades ?Que neste caso estao incompetentes.